Hino Nacional cantado por indígena Pataxó, Armadinho e Neojibá levam emoção à transmissão de cargo de Rui para Jerônimo

Hino Nacional cantado por indígena Pataxó, Armadinho e Neojibá levam emoção à transmissão de cargo de Rui para Jerônimo
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

A cerimônia de transmissão de cargo do ex-governador Rui Costa para o já empossado Jerônimo Rodrigues, que é de origem indígena, foi realizada em uma tenda montada no gramado próximo à Assembleia Legislativa. Ela foi marcada pela apresentação do Hino Nacional Brasileiro interpretado pela indígena Nívea Akuã Pataxó, acompanhada da camerata da Orquestra Neojibá (Núcleos Estaduais de Orquestras Infantis e Juvenis da Bahia), projeto mantido pelo Governo do Estado da Bahia, por intermédio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos.

O Neojiba é destaque por promover a inclusão social de jovens carentes utilizando a música clássica como instrumento de transformação. A indígena Nívia Akuã fez uma interpretação emocionante na qual trocou do português para o Pataxó algumas palavras da letra do Hino Nacional.

A tradição da Família Macedo também animou a solenidade com Armandinho executando o Hino do Senhor do Bonfim. O repertório trouxe, ainda, “Chame Gente”, letra e música de Armandinho e Moraes Moreira. Canção que fez autoridades e convidados matarem as saudades do Carnaval.