EM 2022 A BAHIA REGISTROU O INVESTIMENTO PÚBLICO RECORDE DE DEZ BILHÕES E DUZENTOS MILHÕES DE REAIS/ ALCANÇADO EM BOA PARTE PELO ESFORÇO DE CAIXA DO PRÓPRIO GOVERNO DO ESTADO/ A DESPEITO DAS DIFICULDADES DE ACESSO A OPERAÇÕES DE CRÉDITO NOS ÚLTIMOS ANOS// DESTE TOTAL/ EM VALORES EMPENHADOS ATÉ O FINAL DE DEZEMBRO/ A PARTE MAIS EXPRESSIVA DOS RECURSOS FOI DESTINADA ÀS ÁREAS SOCIAIS/ QUE ENGLOBAM EDUCAÇÃO/ SAÚDE E SEGURANÇA PÚBLICA/ QUE SOMARAM QUATRO BILHÕES E QUATROCENTOS MILHÕES DE REAIS// DE ACORDO COM OS NÚMEROS DE ENCERRAMENTO DAS CONTAS DO ANO PASSADO/ CONSOLIDADOS PELA SECRETARIA DA FAZENDA DO ESTADO/ TAMBÉM RECEBERAM INVESTIMENTOS EXPRESSIVOS AS ÁREAS DE TRANSPORTES/ URBANISMO/ AGRICULTURA E SANEAMENTO// A BAHIA FICOU/ ALÉM DISSO/ EM PRIMEIRO LUGAR NO PAÍS EM INVESTIMENTOS COMO PROPORÇÃO DAS RECEITAS// DE ACORDO COM RELATÓRIO DIVULGADO PELO TESOURO NACIONAL/ AO DESTINAR DEZESSEIS POR CENTO DAS RECEITAS PARA INVESTIMENTOS NO PERÍODO ENTRE JANEIRO E OUTUBRO/ O GOVERNO BAIANO OBTEVE O MAIOR ÍNDICE DO PAÍS ENTRE OS ESTADOS// O MESMO RELATÓRIO MOSTROU AINDA QUE A BAHIA FOI O ESTADO MAIS EFICIENTE EM QUITAR AS DESPESAS E MANTER AS OBRIGAÇÕES FINANCEIRAS EM DIA// COM APENAS UM POR CENTO DE OBRIGAÇÕES PENDENTES/ MENOR PERCENTUAL DO PAÍS/ A BAHIA FICOU EM PRIMEIRO LUGAR NACIONAL TAMBÉM NESTE QUESITO///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///