Setur-BA cria comitê gestor para incremento do turismo comunitário
Foto: Setur-BA/Divulgação

O secretário estadual de Turismo, Maurício Bacelar, assinou, nesta terça-feira (29), a portaria que cria o Comitê Gestor do Turismo Comunitário. A iniciativa visa impulsionar o segmento, na forma de economia solidária, para contemplar as 13 zonas turísticas da Bahia. O colegiado é formado por representantes do Governo do Estado, de instituições educacionais públicas, da sociedade civil e da iniciativa privada.  

“A Assembleia Legislativa aprovou a lei, que hoje ganha corpo com a formação do comitê, que vai atuar no desenvolvimento das atividades econômicas do turismo de base comunitária. Essa nova tendência ganha mais apoio para atrair um número maior de visitantes”, pontuou o secretário Bacelar.  

O turismo comunitário pode ser praticado na Bahia em áreas indígenas e remanescentes de quilombos, vilas de pescadores, unidades de preservação ambiental e terreiros, entre outros grupos que possuem organização social própria. Os ambientes têm como principais atrativos a cultura, religiosidade, práticas agrícolas e tradições ancestrais. 

“É o segmento turístico que ainda não tem muita visibilidade e precisava desse suporte do comitê. Visitar uma casa de farinha e conhecer a vida dos quilombolas são algumas das experiências marcantes, que irão ganhar mais projeção”, explicou o diretor de Regulação da Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA), Divaldo Borges. 

Foto: Setur-BA/Divulgação