A Polícia Militar da Bahia iniciou, nesta quinta-feira (3), o I Simpósio Nacional de Segurança Pública e Relações Raciais, iniciativa pioneira no combate ao racismo e à discriminação que reúne a comunidade acadêmica, a sociedade civil organizada e profissionais de Segurança Pública.

O objetivo é proporcionar um diálogo franco e produtivo entre a Corporação e a sociedade, de forma a melhorar o serviço policial prestado à comunidade. O Simpósio segue até a sexta-feira (4), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), bairro de São Marcos.

Além de mesas de debate, o evento conta com palestras e discussões de temas como “Racismo nas estruturas organizacionais”; “Proposições antirracistas na administração PM: O Princípio da melhoria continuada”; “Comunicação social, mídia, racismo e Segurança Pública”; “Abordagem policial e Direitos Humanos” e “Violência contra a mulher na Bahia: desafios e obstáculos”.

Luta antirracista 

O Grupo de Trabalho Permanente pela Igualdade Racial da PMBA foi criado em 2022 com objetivo de adaptar e modernizar as ações policiais para minimizar os efeitos nocivos do racismo na sociedade, sendo mais uma ponte de aproximação entre a corporação e a sociedade baiana. Dessa forma, são promovidas ações institucionais, capacitação técnica, conscientização pública e discussões com base em estudos interdisciplinares do racismo e da segurança pública.

Fonte: Ascom/PMBA