A CONCHA ACÚSTICA DO TEATRO CASTRO ALVES/ EM SALVADOR/ FOI PALCO DE CELEBRAÇÃO DA LUTA E RESISTÊNCIA DO POVO NEGRO/ NESTA QUINTA-FEIRA/ EM AGENDA QUE MARCA AS CELEBRAÇÕES DO NOVEMBRO NEGRO DA BAHIA// O EVENTO/ QUE CONTOU COM SHOW DO BLOCO AFRO ILÊ AIYÊ/ E PARTICIPAÇÃO DAS CANTORAS LUEDJI LUNA/ MARGARETH MENEZES E DO BANDO DE TEATRO OLODUM/ DESTACOU OS QUINZE ANOS DE IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS AFIRMATIVAS NO ESTADO/ A PARTIR DA CRIAÇÃO DA SEPROMI/ SECRETARIA DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL// TRADICIONALMENTE/ O MÊS DE NOVEMBRO É MARCADO POR MOBILIZAÇÕES NO COMBATE AO RACISMO/ À INTOLERÂNCIA RELIGIOSA E PELA GARANTIA DOS DIREITOS DA POPULAÇÃO NEGRA// UMA DIVERSIDADE DE ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL E INSTITUIÇÕES REALIZAM ATIVIDADES NA CAPITAL E NO INTERIOR// O PONTO ALTO É O VINTE DE NOVEMBRO/ DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA// ATRAVÉS DA SEPROMI/ O GOVERNO DO ESTADO DESENVOLVE/ AO LONGO DESTE MÊS/ A CAMPANHA QUE DESTACA A IGUALDADE RACIAL COMO POLÍTICA PÚBLICA E OS QUINZE ANOS DE CONQUISTAS NA GARANTIA DE DIREITOS DA POPULAÇÃO NEGRA/ E DOS POVOS E COMUNIDADES TRADICIONAIS// A AÇÃO TEM COMO SLOGAN “PELA DEMOCRACIA/ TODAS AS VOZES CONTRA O RACISMO E TODAS AS LEIS CONTRA OS RACISTAS”///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ALEXANDRE SANTANA///