O município de Feira de Santana vai passar a contar, em breve, com uma Casa da Gestante, Bebê e Puérpera (CGBP). O anúncio foi feito pelo Governador Rui Costa, nesta sexta-feira (28). A nova unidade terá um investimento previsto de mais de R$ 2,4 milhões e vai funcionar na área do Hospital Estadual da Criança (HEC).

Durante o ato para deflagração do processo de licitação do espaço, o governador destacou que a CGBP trará conforto e segurança para gestantes com gravidez de alto risco.

“Se uma mulher mora distante e o parto é de risco, até ela chegar a um hospital, ela e o bebê estarão em risco. Por isso, já construímos várias Casas da Gestante na Bahia, para que a mulher que tem essa necessidade possa ter um local de acolhimento e não corra nenhum risco. Nosso objetivo é reduzir a próximo de zero a mortalidade de mulheres e bebês nesses partos de risco”, disse.

A Casa da Gestante, Bebê e Puérpera vai receber mulheres de toda a região, oferecendo acolhimento e atendimento humanizado para mães e bebês. A unidade de cuidado vai atender ao neonato de risco e a puérpera que demandam atenção em serviço de saúde de alta complexidade, mas não exigem vigilância constante em ambiente hospitalar, ou mesmo para aqueles que não possam retornar ao domicílio no momento de pré-alta.

Chefe de gabinete da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), Roberta Santana, adiantou que o local, que será construído anexo ao HEC, também vai contar com enfermarias, consultórios ginecológicos e pediátricos, espaço multiuso, sala de atendimento multiprofissional, área de serviço, banheiros equipados, além de quarto para profissionais de saúde. “Um acolhimento humanizado para as gestantes e recém-nascidos que precisam de um cuidado especializado. Esse é o nosso propósito e desafio, acolher essas mães que, muitas vezes, vem do interior e precisam de um ambiente seguro, que fique próximo a uma unidade hospitalar para ter o seu acolhimento e, se for necessário, a intervenção hospitalar”, pontuou.

Fonte: Ascom/Sesab