Estado da Bahia abre Hospital Metropolitano em Lauro de Freitas; investimento foi de R$ 183 milhões
Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Referência em urgência e emergência, trauma raquimedular, AVC e neurologia, o Hospital Metropolitano dará atenção especial à área de alta complexidade em cardiologia e neurovascular, com a instalação de uma Unidade de Atenção ao Acidente Vascular Cerebral (UAVC), que atenderá pacientes em fase aguda com tratamento trombolítico e angioplastia. A unidade localizada em Lauro de Freitas tem mais de 27 mil metros quadrados de área construída, seis pavimentos e representa um investimento de R$ 183 milhões do Estado da Bahia. O evento de abertura, na manhã desta terça-feira (16), contou com a presença do governador Rui Costa.

No primeiro mês de atendimento, a unidade sob gestão das Obras Sociais Irmã Dulce disponibilizará 60 leitos, sendo 40 clínicos e 20 de UTI, além de duas salas cirúrgicas. Já nos próximos meses, o hospital deve ofertar um total de 235 leitos, sendo 90 clínicos, distribuídos em clínica geral e neurologia; 90 para cirurgia geral e vascular; e 55 para UTIs. As vagas beneficiam não só os moradores de Lauro de Freitas, mas de Camaçari e outros municípios que compõem a Região Metropolitana de Salvador (RMS).

De acordo com a secretária estadual da Saúde, o hospital receberá pacientes através da regulação da Samu e do Sistema Estadual de Regulação. “Na área clínica, serão realizados atendimentos nas especialidades de nefrologia, cardiologia e neurologia. Já na área cirúrgica, serão realizadas cirurgias gerais e vasculares”, explicou.

“O objetivo do Estado é aumentar a disponibilidade de leitos públicos de alta complexidade na Bahia. Ainda este ano, iremos inaugurar o maior hospital de ortopedia do Brasil, no bairro do Cabula, em Salvador; além de um hospital no extremo sul, na cidade de Teixeira de Freitas, com um investimento de quase R$ 200 milhões”, destacou o governador.

Reforço contra a Covid-19

Antes da inauguração oficial, o hospital foi aberto no ano passado, em caráter emergencial, para reforço no atendimento aos pacientes com Covid-19. A unidade foi exclusiva para tratamento da doença por 13 meses e acolheu mais de 3,8 mil pessoas. Para que fosse reaberto, o hospital passou por desinfecção e adequação nas enfermarias, centros cirúrgicos, UTI’s e consultórios, garantindo as condições sanitárias e estruturais essenciais à reinauguração.

Durante o evento de entrega, nesta terça, o Estado da Bahia autorizou a reforma e ampliação do prédio do antigo hotel Riverside, que vai sediar o Hospital de Cuidados Prolongados e está localizado na Estrada do Coco.

Desenvolvimento urbano

O Estado também anunciou obras de melhoria para o tráfego e para o desenvolvimento urbano do município de Lauro de Freitas. Entre elas, está a requalificação da pavimentação asfáltica de algumas das principais ruas dos bairros de Itinga e do Centro da cidade; além da reforma da Praça 8 de Março, em Vida Nova, e da construção da Praça da Mulher. Os trabalhos serão executados pela Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur).

Repórter: Milena Fahel