UM TOTAL DE TRINTA E SETE MIL PACIENTES ATENDIDOS PELO SUS/ SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE PARA FORNECIMENTO DE MEDICAMENTOS DE ALTO CUSTO ESTÃO SENDO AFETADO PELO NÃO FORNECIMENTO ATRAVÉS DO GOVERNO FEDERAL// SÃO REMÉDIOS PARA DOENÇAS COMO ALZHEIMER/ GLAUCOMA/ HIV/AIDS/ PARKINSON E ANEMIA FALCIFORME/ ENTRE OUTROS/ CUJA COMPRA É CENTRALIZADA NO GOVERNO FEDERAL/ QUE CONSEGUE FAZER A AQUISIÇÃO POR PREÇOS MAIS ACESSÍVEIS// A FREQUENTE IRREGULARIDADE NO ABASTECIMENTO VEM SENDO NOTIFICADA DE MODO REITERADO PELA SESAB/ AO MINISTÉRIO DA SAÚDE/ AO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL E AO CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE SAÚDE/ REFORÇANDO QUE ALGUNS DESTES MEDICAMENTOS SÃO IMPORTADOS E OUTROS NÃO ESTÃO DISPONÍVEIS PARA VENDA DIRETA AO PÚBLICO///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ SUELE QUEIROZ//