AS EXPORTAÇÕES BAIANAS FECHARAM O PRIMEIRO SEMESTRE COM NÚMEROS RECORDES// AS VENDAS EXTERNAS DO PERÍODO ALCANÇARAM SEIS BILHÕES/ QUINHENTOS E OITENTA MILHÕES DE DÓLARES/ QUARENTA E OITO VÍRGULA QUATRO POR CENTO A MAIS DO QUE EM IGUAL PERÍODO DO ANO ANTERIOR// O RESULTADO BATEU O RECORDE PARA O PERÍODO NA SÉRIE HISTÓRICA INICIADA EM 1997// AS INFORMAÇÕES FORAM ANALISADAS PELA SEI/ SUPERINTENDÊNCIA DE ESTUDOS ECONÔMICOS E SOCIAIS DA BAHIA// OS PREÇOS CONTINUARAM EM JUNHO COMO NO SEMESTRE/ COMANDANDO O DESEMPENHO DO COMÉRCIO EXTERIOR BAIANO COM CONTRIBUIÇÃO DETERMINANTE PARA A ALTA DO VALOR TANTO DAS EXPORTAÇÕES COMO DAS IMPORTAÇÕES// EM JUNHO/ NAS EXPORTAÇÕES/ O AUMENTO MÉDIO DOS PREÇOS CHEGOU A VINTE E CINCO POR CENTO CONTRA UMA QUEDA DE UM VÍRGULA TREZE POR CENTO NO VOLUME EMBARCADO// POR CONTA DA ALTA DE PREÇOS/ AS RECEITAS TOTAIS DO MÊS FECHARAM COM CRESCIMENTO DE VINTE E TRÊS VÍRGULA QUATRO POR CENTO NA COMPARAÇÃO INTERANUAL///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///