NO MÊS PASSADO/ AS EXPORTAÇÕES BAIANAS ATINGIRAM SETECENTOS E TRINTA E QUATRO MILHÕES E DUZENTOS MIL DÓLARES/ VALOR RECORDE PARA O MÊS DESDE 2012/ E ALTA DE DEZENOVE POR CENTO SOBRE JANEIRO DE 2021// MESMO ASSIM/ A BALANÇA COMERCIAL DO ESTADO TEVE DÉFICIT DE SETECENTOS E OITENTA E SETE MILHÕES E SETECENTOS MIL DÓLARES/ DEVIDO AO INCREMENTO SIGNIFICATIVO DAS IMPORTAÇÕES/ QUE PERMANECEM EM ALTA/ CHEGANDO A UM BILHÃO E MEIO DE DÓLARES EM JANEIRO/ CRESCIMENTO DE CENTO E VINTE TRÊS POR CENTO COMPARADAS AO MESMO MÊS DE 2021// AS COMPRAS EXTERNAS PERMANECEM TURBINADAS E CONCENTRADAS EM ITENS DE ENERGIA/ FERTILIZANTES E MEDICAMENTOS/ EM UMA DINÂMICA PARECIDA COM A DOS ÚLTIMOS MESES DE 2021// NAS EXPORTAÇÕES/ O PRINCIPAL DESTAQUE FOI A ALTA EXPRESSIVA DOS EMBARQUES DE SOJA E DERIVADOS// AS INFORMAÇÕES FORAM ANALISADAS PELA SEI/ SUPERINTENDÊNCIA DE ESTUDOS ECONÔMICOS E SOCIAIS DA BAHIA/ AUTARQUIA VINCULADA À SEPLAN/ SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ LEONARDO OLIVEIRA///