Os nomes dos vencedores da ‘Premiação de Fachadas Decoradas do Cortejo 2 de Julho’ foram anunciados na edição desta terça-feira (23), do Diário Oficial do Estado da Bahia. O Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), da Secretaria de Cultura do Estado (Secult-Ba), que coordenou a premiação, prepara até agosto uma cerimônia especial para entrega dos prêmios. Veja o regulamento da premiação.

Anteriormente, a premiação era feita pela Fundação Gregório de Mattos (FGM), mas como não acontecia desde 2010, o Ipac, responsável pelo registro do cortejo como Bem Cultural Imaterial desde 2006, resolveu assumir a premiação. Para compor o júri, foram convidados profissionais e especialistas da área cultural, que vistoriaram todos os imóveis decorados por onde passou o cortejo no último dia 2.

A comissão julgadora foi composta pela jornalista e doutoranda em Antropologia pela UFBA, Cleidiana Ramos, os arquitetos Cássio Luiz, da FGM, e Paulo Nunes, do Ipac, além da pesquisadora do Centro de Estudos de Arquitetura da Bahia (Ceab), Mariely Santana, e da fotógrafa e coordenadora da Oi Kabum! Salvador, Isabel Gouvêa. Eles analisaram, detalhadamente, as imagens das residências e pontos comerciais que apresentaram proposta inovadora.

Todas as fachadas decoradas do trajeto foram fotografadas em diversos ângulos e o júri analisou conforme critérios de temática cívica, preservação do patrimônio edificado, criatividade, originalidade e preocupação com o meio ambiente. “É uma grande oportunidade profissional e cívica, pois a festa, além de ser uma tradição popular, é algo espontâneo na vida dos baianos. O 2 de Julho é uma festa do povo”, afirma Cleidiana Ramos, uma das integrantes do júri.

Para o arquiteto Cássio Luiz, da FGM, que participou de outras cinco comissões de julgamentos para o 2 de Julho, “é uma honra participar da retomada desta escolha da melhor decoração. Espero que ela ocorra anualmente, pois valoriza a arquitetura e a cultura dos baianos”, diz.

Segundo Mariely Santana, membro da Comissão, os participantes precisavam demonstrar critérios apresentados em regulamento, como o atendimento à temática cívica, preservação do patrimônio edificado, criatividade, originalidade e preocupação com o meio ambiente. “A ideia para a decoração das fachadas não era somente enfeitá-la. Os moradores deveriam obedecer aos critérios apresentados e colocá-los em prática. E muitos conseguiram este alcance”, afirma.

Vencedores

1º Colocado: Casa localizada à Rua Direita de Santo Antônio, nº 34. Moradora: Maria São Pedro Virgilino de Santana; R$ 3.000,00
2º Colocado: Casa localizada na Ladeira da Soledade, nº 170. Moradora: Marisa Menezes Oliveira; R$ 2.000,00
3º Colocado: Casa localizada no Largo do Carmo, nº 07. Moradora: Prof. Noemia de Oliva Cerqueira; R$ 1.000,00
1º Menção Honrosa: Casa localizada à Rua Portas do Carmo, nº 20 – Hotel Pelourinho. Gerente: Elisabete Moura
2º Menção Honrosa: Casa localizada no Largo do Carmo, nº 44. Moradora: Nilzete Ribeiro de Almeida