A Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás) apresenta seu Relatório da Administração 2010, com as ações e bons resultados da empresa, ilustrado com o CD ‘Amarelo’, com o samba inovador da cantora Juliana Ribeiro, – selecionada pelo Edital de Patrocínios e Projetos -, que dá cor e pitadas de arte e cultura às 84 páginas da publicação.

Encartado na última página, o disco é um incremento a mais para o relatório que será distribuído a colaboradores, acionistas, conselheiros e, dentre outros, autoridades do governo da Bahia. Cópia do documento também está disponível no site da Bahiagás.

Boa música à parte, a principal atração do Relatório da Bahiagás é mesmo o excepcional desempenho da Companhia no período. O resultado pode ser medido pelo faturamento recorde, superação de investimentos, aumento e qualidade das atividades operacionais. Pode ser avaliado ainda pela conquista de prêmios nacionais e internacionais, a exemplo do ‘Century ERA’, na Categoria Ouro, concedido a empresas que se destacam na sua gestão em todo o mundo.

Evolução financeira

Impresso em papel reciclado e dividido em duas partes – Administrativo e de Responsabilidade Social -, o relatório apresenta resultados para serem comemorados, como o Balanço Administrativo, que mostra a evolução financeira e operacional e traz dados diversos sobre o bom desempenho da empresa.

Entre os destaques estão o faturamento de R$ 1,26 bilhão, investimentos de R$ 31 milhões – superior em 57% ao ano anterior -, 609 quilômetros de rede de dutos, 1,3 bilhão de metros cúbicos de volume de gás natural comercializado, 20 municípios e quase 6 mil clientes atendidos nos segmentos industrial, residencial, automotivo, comercial e termoelétrico, onde a companhia concentra sua atuação.

Os números do relatório confirmam o grande potencial de crescimento da Bahiagás, que, inclusive, prevê investimentos de R$ 160 milhões até 2013, viabilizando a expansão e também a interiorização de suas operações em direção, inicialmente, às regiões sul, extremo sul e sudoeste da Bahia.

Os investimentos contemplam também Salvador e Região Metropolitana, Feira de Santana e o Recôncavo baiano. A maior parte dos recursos será empregada na ampliação da rede distribuidora, que deverá passar dos atuais 609 quilômetros de dutos para cerca de 800 quilômetros nos três anos. A Bahiagás também quer chegar aos 30 mil clientes residenciais até 2013 e já tem contratos para concretizar essa meta.

Projetos sociais

O Balanço Social, a partir da página 57, registra os investimentos realizados por meio de apoios e patrocínios a projetos sociais, culturais, esportivos, ambientais, científicos, acadêmicos e de inclusão, o que atesta o compromisso da companhia com a promoção da sustentabilidade e da responsabilidade social.

De acordo com o relatório, foram aplicados R$ 2,4 milhões em projetos diversos, iniciativas que permitiram à Bahiagás atuar não apenas diretamente, mas também como parceira de importantes trabalhos. Com seleção transparente e democrática, em 2010 a empresa promoveu a segunda edição do Edital de Patrocínio a Projetos, tendo selecionado 18 trabalhos de um total de 255 inscritos.

A Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás), concessionária estadual dos serviços de distribuição de gás natural canalizado, é uma empresa de economia mista, controlada pelo Governo do Estado, vinculada à Secretaria de Infraestrutura. Tem como acionistas o Estado da Bahia, a Gaspetro, subsidiária da Petrobras, e a Bahiapart, empresa do grupo Mitsui Gás e Energia do Brasil.