O governador Jaques Wagner participou, na tarde desta quinta-feira (22), da inauguração do edifício senador Jutahy Magalhães, na Assembleia Legislativa da Bahia. O novo prédio abriga a biblioteca, a parte administrativa, a Fundação Paulo Jackson e a Escola da Assembleia, que realizará capacitação dos servidores, além de um auditório com capacidade para 300 pessoas.

A obra custou cerca de R$ 21 milhões, recursos oriundos do contrato firmado com o Bradesco, que opera o posto bancário do Legislativo, da venda de 63 carros de representação em leilão público e de corte de gastos administrativos.

Wagner destacou a importância de mais um anexo da Assembleia Legislativa, “que vai melhorar a prestação de serviço para o povo. Eu fico feliz porque as casas legislativas têm procurado melhorar a infraestrutura destinada a oferecer melhor serviço. Parabenizo a mesa diretora pela economia que fez para garantir a construção do prédio e pela homenagem ao senador Jutahy Magalhães”.

O presidente da Assembleia, deputado Marcelo Nilo, disse que o anexo possibilitará aos parlamentares a execução de um trabalho de qualidade, oferecendo melhores condições para o exercício dos mandatos. Participaram também da solenidade, familiares do senador Jutahy Magalhães, deputados estaduais e federais e secretários do Estado.

O homenageado foi vereador, deputado estadual e federal, vice-governador da Bahia, senador da República e presidente da Assembleia Legislativa da Bahia.

Publicada às 16h30
Atualizada às 18h20