Promover a qualidade de vida, por meio dos cuidados com a saúde, e estimular a responsabilidade social entre os servidores. Esses são os objetivos do projeto ‘Momento Saúde’, lançado no domingo (3), nos Postos Fiscais Honorato Viana, na BR324 (Candeias), e João Durval Carneiro, na BR-116 (Antônio Cardoso), pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz), por intermédio do Núcleo de Desenvolvimento do Ser Humano (NDSH), em parceria com o Serviço Social do Transporte (Sest) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat).

O projeto integra a série de eventos programados para o mês de aniversário da Sefaz – que no dia 16 deste mês completa 116 anos -, e busca atender, além dos servidores e funcionários terceirizados dos postos, os motoristas das empresas de transporte. “Os servidores dos postos fiscais, que realizam plantão de cinco dias, em algumas situações acabam levando uma vida sedentária. Por isso, é tão importante que recebam dicas e orientações para colocar em prática, mesmo na rotina de trabalho”, afirma o inspetor de Fiscalização de Mercadorias em Trânsito da Região Norte, Luiz Alberto Lago.

De acordo com o agente de Tributos, Eduardo Gonçalvez, lotado no posto Honorato Viana, esse zelo pelos condutores e os responsáveis pela atividade de fiscalização é de fundamental importância. “Para os motoristas, então, ainda mais, em função das dificuldades que eles enfrentam como a falta de acesso ao atendimento ou falta de informação”.

Durante todo o dia estiveram disponíveis serviços de orientação nutricional, atendimento psicológico, vacinação contra tétano, febre amarela, hepatite B e rubéola, avaliação odontológica, exames, avaliação de postura, cálculo do IMC, massoterapia e aferição de pressão, entre outros. Segundo a coordenadora de Promoção Social do Sest/Senat, Daniela Barros, foram ofertados cerca de dez serviços, proporcionando aos servidores e aos caminhoneiros um momento diferente da sua rotina.

No posto fiscal João Durval Carneiro, um dos serviços mais solicitados, segundo a representante do NDSH/Sefaz, na região norte, Rejane Reis, foram os de psicologia e odontologia. “Preocupados em parar de fumar, a procura dos motoristas por esses serviços foi grande, o que nos faz pensar em intensificar nossa campanha anti-tabagismo”. A recepção dos motoristas não poderia ser melhor. Apesar da correria do dia a dia e da necessidade de cumprir prazos, que os impediam de passar mais tempo cuidando da saúde, valorizaram a iniciativa e sentiram-se satisfeitos em cada atendimento.

Aceitação 

“Essas atividades deveriam acontecer todos os dias. Eu gostei tanto de participar que se não estivesse com pressa ficaria o resto da tarde”, afirmou João Benedito, que faz transporte de veículos e está a 27 anos na profissão. Para o motorista do segmento de alimentação, Valdo Ferreira, o projeto é excelente por ser muito difícil encontrar estes serviços oferecidos gratuitamente. ”Muitas vezes, a gente não tem tempo ou dinheiro. Então, que isso continue acontecendo sempre que der, porque em todos os postos que eu passar daqui pra frente onde estiverem fazendo esse trabalho, vou participar com certeza“.

Para que os servidores e os motoristas possam continuar o tratamento com avaliação médica, o Momento Saúde acontecerá bimestralmente. Até o final do ano, a proposta é que o projeto seja estendido a mais quatro postos fiscais e que em 2012 todos os postos estejam envolvidos. Os dois postos atendidos nesta primeira edição terão retornos em outubro, novembro e dezembro.

Programa Despoluir 

Para incentivar a responsabilidade social foi realizado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) um trabalho de aferição da emissão de poluentes em caminhões que passaram pelo posto. A equipe formada por três técnicos presenteou com o selo do Programa Despoluir, aqueles que estavam dentro da média permitida de emissão. Mas os que emitiam poluentes acima do permitido foram orientados para reduzir o índice e receber futuramente o selo.

A coordenadora do programa, que atende aos estados da Bahia e Sergipe, Cleide Cerqueira, disse que costuma medir numa ação como essa, cerca de 50 caminhões por dia, e que o índice de aprovação no teste tem sido alto. “A reprovação caiu bastante nos últimos tempos. Acredito que o motivo é a conscientização dos motoristas e o cuidado para evitar a poluição, que tem crescido”. O cuidado pôde ser observado nas palavras do motorista do segmento de combustíveis, Aílson Pereira Lima, que aceitou participar da medição imediatamente ao ser solicitado: “Acho isso importante porque hoje em dia devemos pensar melhor no futuro do meio ambiente”.

A ajuda mútua entre a Sefaz, que tem autoridade para parar os caminhões, e o Sest/Senat, que faz as consultas, proporcionou o ‘Momento Saúde’ acontecer de maneira completa. Para o NDSH, a idéia da parceria foi dar uma pausa na rotina pesada e promover um momento para aliviar o estresse, atendendo aos motoristas, que não fazem exames por falta de tempo ou até mesmo perdem consultas.

“Os focos estratégicos do NDSH estão voltados para a qualidade de vida e a responsabilidade social, em consonância com um dos objetivos estratégicos da Sefaz – a excelência na gestão de pessoas. É um trabalho que visa atingir esses objetivos. Reunimos vários profissionais integrados, proporcionando uma ação completa de atenção à saúde”, argumentou a coordenadora do Núcleo, Tina Pamponet.