Com novos cursos de medicina e ciências sociais, em Salvador, engenharia de pesca, em Xique-Xique, e direito, em Brumado, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) oferece mais 210 vagas de ensino superior para estudantes de todo o estado. As inscrições para o vestibular serão abertas até o final deste mês, as provas acontecem em dezembro e o início das aulas está previsto para abril de 2012.

Emily Moura, 18 anos, estudante do Colégio Estadual Polivalente, no Cabula, encontrou no novo curso de medicina a chance que estava esperando. “Eu sonho desde pequena em ser médica e estou estudando para isso desde o primeiro ano do ensino médio. Agora tenho esta oportunidade que a Uneb está dando. São 60 vagas”.

Da mesma sala de Emily, Mateus Pacheco, 17 anos, também tem sonhos e traça planos para o futuro a partir da perspectiva de ingresso em um curso superior. “Espero terminar o ensino médio, entrar para a universidade de medicina, ter um emprego fixo e ajudar minha família. Esta é uma boa oportunidade que nem todos têm. Agora é só agarrar, e bola pra frente”.

O reitor da Uneb, Lourisvaldo Valentim, afirmou que o vestibular pode ser feito em qualquer lugar do estado, não importando de onde a vaga está sendo oferecida. “O diferencial da Uneb é que o nosso vestibular é realizado nos 24 campi, em todas as regiões. O estudante vai poder fazer a inscrição e a prova de seleção no local mais próximo de onde mora. Isso facilita muito a entrada daqueles que estão distantes e querem chegar ao curso”.

Adequações no ensino superior devem continuar

Sobre as adequações no ensino superior na Bahia, Valentim declarou que ainda não foram concluídas. “Estamos implantando esses quatro cursos agora, mas ainda pode haver alterações, como a criação, ampliação ou redução de outros. Avaliamos a necessidade de cada comunidade, desempenho e evasão de alunos”. Com a implantação, a Uneb passa a oferecer no próximo ano 106 cursos, porque em 2012 dois serão extintos.

Valentim contou que em 2005 foram implantados pela Uneb 25 cursos, em 2007 um curso de enfermagem começou a ser ministrado em Senhor do Bonfim e em 2010 foi inaugurado outro, de psicologia. Apontou também como uma conquista do governo o anúncio, feito pela presidente Dilma Rousseff, na semana passada, em Brasília, da implantação de nove institutos e de duas universidades federais na Bahia.

O pró-reitor de ensino, José Bites, explicou que a Associação dos Reitores de Universidades Estaduais e Municipais (Abruem) está em fase final de negociação com o Ministério da Educação para que o governo federal invista também na abertura de vagas nas universidades estaduais e municipais. “Já participamos de duas reuniões em Brasília, e agora falta acertar os detalhes”.

Estrutura

O diretor do Departamento de Ciências da Vida, Atson Fernandes, informou que a Uneb oferece em Salvador cinco cursos na área de saúde. “É o primeiro curso de medicina público criado na capital nos últimos 203 anos e está chegando com uma estrutura que vai atender as necessidades dos quatro primeiros semestres. Já temos 40 laboratórios, professores e previsão de novas vagas. Estamos concluindo em setembro toda a infraestrutura necessária, com obras e aquisição de equipamentos”.

Para Fernandes, outro ponto positivo para o novo curso é que já existe um convênio entre a Uneb e a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) contemplando todos os cursos que já existem. “Estamos presentes em várias unidades de saúde em Salvador, particularmente no Hospital Roberto Santos, com quem temos estreitado a parceria. Pretendemos que o curso de medicina tenha o Roberto Santos como hospital-escola”.