A Série TCA 2011 – Ano XVI traz a Salvador, pela primeira vez, uma das mais celebradas atrações da música clássica na atualidade, o tenor mexicano Ramón Vargas. Aclamado como uma das melhores vozes operísticas do seu tempo, o tenor se apresenta acompanhado da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba), sob a regência do maestro Carlos Prazeres.

O programa inclui árias tradicionais de ópera, compostas por Mozart, Puccini e Verdi, além da conhecida Abertura de O Barbeiro de Sevilha, de Rossini. A apresentação acontece na Sala Principal do Teatro Castro Alves, sábado (20), às 21h. Os ingressos (inteira) custam R$ 80 (filas A a P), 60 (filas Q a Z) e R$ 40 (filas Z1 a Z11).

Em 29 anos, a Osba coleciona momentos significativos na história da música clássica da Bahia e do Brasil, como os concertos com Luciano Pavarotti, Montserrat Caballet e Milla Edelman. Desta vez, a orquestra baiana divide o palco com mais um nome de prestígio internacional em um espetáculo promovido pela Série TCA. O projeto tem o apoio da Secretaria de Cultura e Fundação Cultural do Estado.