A festa católica conhecida como ‘Penitentes de Juazeiro’, realizada desde 1901 no município de mesmo nome, vai ganhar um videodocumentário especial de 52 minutos, com depoimentos de participantes e estudiosos.

O documentário foi realizado graças à parceria entre o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb), da Secretaria Estadual de Comunicação (Secom), e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), da Secretaria de Cultura (Secult).

O vídeo vai integrar o dossiê de pesquisas realizado pelo Ipac para um possível reconhecimento dessa expressão cultural popular como patrimônio imaterial da Bahia. O instituto já fez outros documentários sobre festas que se tornaram oficialmente, por meio de decreto, bens intangíveis do estado, como a Festa da Boa Morte, o Carnaval de Maragojipe, o Desfile dos Afoxés e o Cortejo do 2 de Julho.