Com o objetivo de ampliar a capacidade de realização de exames e diagnósticos contra enfermidades na agropecuária, o Laboratório de Sanidade Animal (Ladesa) da Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri) vem aumentando sua atuação. Criado por meio de convênio entre Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), a unidade oferece suporte às ações dos programas de sanidade animal do Estado e aos médicos veterinários, com a realização de exames laboratoriais com qualidade, segurança e rapidez, sem a necessidade do envio de material para outros estados.

Em julho, o Ladesa incluiu a análise de material para diagnóstico de Ectima Contagioso, doença que atinge os caprinos e ovinos. “Como não precisamos enviar material para fora do estado, o diagnóstico se torna mais ágil, viabilizando a consolidação de um sistema de defesa agropecuária mais eficiente”, enfatiza o diretor geral da Adab, Paulo Emílio Torres.

Entre os diagnósticos laboratoriais de rotina processados pelo Ladesa estão anemia infecciosa equina (AIE), brucelose ovina, caprino artrite-encefalite (CAE), leucose enzoótica bovina, sorologia para babesia SP através de ELISA, além de pesquisa de salmonella e coliformes totais em sangue, fezes, e leite, e parasitas intestinais de ruminantes. “Também pretendemos implementar diagnóstico microbiológico e parasitológico de patologias apícolas e das principais enfermidades do camarão através de técnicas de biologia molecular”, adianta o coordenador do Ladesa, Jorge Ribas.

Ampliação

A Adab pretende ainda este ano ampliar o credencimento do Ladesa, junto ao Ministério da Agricultura, para os diagnósticos de brucelose bovina e mormo dos equídeos. Ainda na área de defesa, o laboratório de sanidade vegetal contempla as culturas do abacaxi, citros, maracujá, palma, manga, lichia, palmeira, banana, mamona, gramíneas, roseira, fícus e helicônia. Também são realizados outros diagnósticos de resíduos de agrotóxicos no mamão e na manga, além de análise laboratorial através de drip teste para avaliar o teor de umidade na carne e no frango.

Mais informações sobre o Ladesa podem ser obtidas pelo telefone 3116-8432 / 8452, ou pelo email laboratório.adab@adab.ba.gov.br. O Ladesa funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h na Avenida Ademar de Barros, 967, Ondina, na Central de Laboratórios da Agropecuária (CLA).