09/10/2019 - 14:22

Primeiro Emprego já contratou 8 mil egressos do ensino técnico

Autoridades e representantes do Governo do Estado participaram, nesta quarta-feira (9), do I Seminário de Inovação e Melhorias do Programa Primeiro Emprego, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Durante o evento, foram apresentados resultados da contribuição dos jovens que estão trabalhando em órgãos e secretarias estaduais e colaborando para a elevação da qualidade da prestação do serviço público.
 
O secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, destacou que “o programa proporciona qualificação profissional para jovens que estão saindo do ensino profissionalizante. Já foram mais de 8 mil beneficiados e, nos locais onde o projeto está presente, recebemos elogios por parte da administração em relação ao desempenho, a proatividade, a disposição e a competência desses jovens". 
 
O vice-governador e secretário do Desenvolvimento Econômico, João Leão, comentou que além de combater o desemprego entre jovens, o programa estimula melhores resultados em sala de aula. “O Primeiro Emprego contempla os estudantes com melhores desempenhos e isso dá ainda mais ânimo para nossos estudantes melhorarem suas notas. Isso é maravilhoso, porque dá forças para que continuem avançando e queiram cursar o ensino superior”.
 
O Primeiro Emprego é uma oportunidade que Kauê Novais tem aproveitado na Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), onde atua há quase dois anos como Técnico em Agricultura. “Para nós, que estamos entrando no mercado de trabalho, tudo é muito mais complicado, mas, com esse projeto, eu sinto que minhas chances são maiores de ter experiência. É o inicio de minha vida profissional, em que eu posso crescer e aprender na práica como tudo funciona", afirmou. 
 
Cadastro
 
Presente no seminário, o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, comentou sobre a importância de os estudantes atualizem seus dados cadastrais junto à secretaria. “O cadastro é fundamental para o fortalecimento do programa. Estamos com a missão de atualizar os dados dos estudantes e também vamos fazer um grande mutirão tratando do tema para estimular os jovens a participarem, pois esta é uma grande oportunidade para eles se inserirem no mundo do trabalho”.
 
Sobre o programa
 
A iniciativa visa ampliar a inserção no mercado de trabalho de egressos da educação profissional da rede estadual. Lançado em 2015, o Primeiro Emprego já oportunizou trabalho digno para mais de 8 mil pessoas em órgãos e secretarias do Estado, com direito à carteira assinada, férias, vale-transporte, tíquete-refeição e plano de saúde. 
 
Repórter: Tácio Santos