O TAMBOR/ O AGOGÔ E O XEQUERÊ// MULHERES PERCUSSIONISTAS DE DIVERSAS BANDAS SE REUNIRAM/ NA TERÇA-FEIRA/ NA PRAÇA DAS ARTES/ NO PELOURINHO/ CENTRO HISTÓRICO DE SALVADOR/ PARA CELEBRAR OS VINTE E UM DIAS DE ATIVISMO PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES/ UM MOVIMENTO DE ÂMBITO MUNDIAL// A INICIATIVA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES DA BAHIA REUNIU INTEGRANTES DA BANDA DIDÁ/ DAS FILHAS DE GANDHY/ A MULHERADA E OUTROS GRUPOS DE PERCUSSÃO// A SECRETÁRIA JULIETA PALMEIRA EXPLICA QUE A SPM AINDA TEM OUTRAS AÇÕES PROGRAMADAS PARA INCENTIVAR O COMBATE A VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES///

SONORA – JULIETA PALMEIRA///

A AÇÃO INTITULADA “NO BATUQUE DO TAMBOR” TEVE COMO OBJETIVO CHAMAR A ATENÇÃO DA POPULAÇÃO PARA A NECESSIDADE DE ENFRENTAR A VIOLÊNCIA DE GÊNERO/ COMBATENDO O MACHISMO/ O SEXISMO E O RACISMO// COORDENADORA DAS FILHAS DE GANDHY/ CHERRY ALMEIDA/ FALA DO BLOCO/ FORMADO SÓ POR MULHERES/ QUE SURGIU NA ESTEIRA DE UM BLOCO TRADICIONALMENTE MASCULINO///

SONORA – CHERRY ALMEIDA///

O NOME DA BANDA “A MULHERADA” JÁ DIZ TUDO SOBRE AS PERCUSSIONISTAS// BÁRBARA LEVOU A FILHA/ DE APENAS TRÊS ANINHOS/ PARA CRESCER JÁ FAZENDO PARTE DO MOVIMENTO///

SONORA – BÁRBARA DO CARMO///

PERCUSSIONISTA DA BANDA DIDÁ/ CARLA MANDOU O PAPO RETO///

SONORA – CARLA ANDRESA///

TEXTO: RAUL RODRIGUES//

LOCUÇÃO: ANDERSON OLIVEIRA///