Economia Solidária
Foto: Carol Garcia/GOVBA

A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e os 15 Centros Públicos de Economia Solidária participarão, entre os dias 19 a 21 de outubro, da II Formação em Economia Solidária e Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que acontecerá de forma on-line. Abordando o tema Economia Solidária e Geração de Trabalho, Renda e Inovação, a Bahia apresentará, no segundo dia do evento, as ações e boas práticas que colocam o estado como destaque nacional na área. 

“O Governo da Bahia reconhece que a economia solidária é uma potência de crescimento e geração de renda. É preciso ter a sensibilização dos gestores para atuar em ações concretas para ampliar o espaço do segmento nas prefeituras e governos estaduais, e isso deve se estender por todo país para consolidar a economia solidária, a economia popular, pois não há um município que não tenha um sistema produtivo”, pontua o superintendente estadual de Economia Solidária e Cooperativismo (Sesol/Setre), Milton Barbosa. 

O evento para os inscritos acontecerá na plataforma do Zoom Meeting. A transmissão para o público interessado ocorrerá por meio das páginas do Facebook @rededegestores.ecosol e @frentenacionaldeprefeitos e dos canais do YouTube Rede de Gestores de Economia Solidária/ Frente Nacional de Prefeitos. 

A formação é promovida pela Rede de Gestores de Políticas Públicas de Economia Solidária, da qual a Setre atua como Secretaria Executiva, em parceria com a Frente Nacional de Prefeitos e o Núcleo de Extensão e Pesquisas em Economia Solidária, Criativa e Cidadania (Nepesc / Unesp de Araraquara). 

O encontro é mais uma oportunidade para a qualificação de gestores de políticas públicas de Economia Solidária, na perspectiva de desenvolvimento dos municípios brasileiros, com vista no combate à fome e a desigualdade social, geração de trabalho e renda e inovação, direitos humanos e preservação ambiental, ampliação da democracia e participação social. 

Para participar do evento, os gestores devem realizar a inscrição até o próximo dia 16, no link https://url.gratis/khOINj. Mais informações estão disponíveis no site www.rededegestoresecosol.org.br ou o Instagram da Rede de Gestores. 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA: 

19 de outubro 

– 19h30 – CONFERÊNCIA DE ABERTURA 

Participação do vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy; do Superintendente de Economia Solidária do Estado da Bahia, Milton Barbosa; do prefeito de Araraquara (SP) e vice-presidente de Economia Solidária da Frente Nacional de Prefeitos, Edinho Silva; da prefeita de Contagem (MG) e vice-presidente de Políticas Sociais da Frente Nacional de Prefeitos, Marilia Campos; e do professor Leandro Moraes, líder do Nepesc. 

20 de outubro 

-14h – Tema 1 – ECONOMIA SOLIDÁRIA E SEGURANÇA SOBERANIA ALIMENTAR 

Apresentação de Boas Práticas do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e do Governo do Estado do Pará 

– 15h30 -Tema 2 – ECONOMIA SOLIDÁRIA E GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA E INOVAÇÃO 

Apresentação de Boas Práticas pelo Governo do Estado da Bahia e a Prefeitura de Araraquara 

21 de outubro 

 -14h-Tema 3 – ECONOMIA SOLIDÁRIA E O DESENVOLVIMENTO LOCAL E SUSTENTÁVEL 

Apresentação das Boas Práticas da Prefeitura de Diadema (SP) e da Prefeitura de Maricá (RJ) Comentário das Apresentações: Renata Sene – Prefeita do município de Francisco Morato (SP), Vice – Presidência de Parcerias em Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Frente Nacional de Prefeitos. 

– 15h30 Tema 3-  ECONOMIA SOLIDÁRIA, INTEGRAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS  E DEMOCRACIA PARTICIPATIVA 

Apresentação das Boas Práticas com o Governo do Estado do Maranhão e a Prefeitura de Niterói (RJ) 

Fonte: Ascom/ Setre