A Secretaria da Educação do Estado disponibilizou, no Portal da Educação, orientações para a preparação dos estudantes, dos professores e das equipes gestora e pedagógica para a realização da prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB). Os testes e questionários, que são realizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), serão aplicados no período de 8 de novembro a 10 de dezembro, nas escolas. 

O subsecretário da Educação do Estado, Danilo Souza, ressaltou a importância da participação dos estudantes na ação. “Esta avaliação é como um certificado sobre o desempenho dos estudantes e a escola como um todo. Isso abre espaço para eles planejarem seu futuro e suas carreiras. E é também uma forma de se prepararem para os grandes desafios, como ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), concursos públicos  e outras atividades do gênero. Por isso, faltando algumas semanas para a prova, estamos intensificando a mobilização com a comunidade escolar para termos um número de participação recorde”. 

Nos documentos, as orientações para os estudantes passam desde não esquecer de levar caneta azul, lápis e borracha até observar o tempo mínimo da prova de duas horas e meia. Para os professores, o documento orienta a mobilização dos estudantes para o dia da prova, além de explicar sobre como os jovens preencherem o cartão-resposta corretamente. Já para as equipes gestora e pedagógica, seguem algumas orientações, como dialogar junto ao coordenador do polo sobre o melhor dia e horário de aplicação da prova na escola e a busca ativa e diálogo junto aos estudantes e líderes de classe, reforçando a importância da avaliação.  

Agendamento

Entre 25 de outubro e 5 de novembro, o INEP realizará o agendamento da aplicação dos testes cognitivos e questionários em papel para professores e alunos das escolas participantes. O contato será feito pela Fundação Cesgranrio, empresa especializada contratada pelo INEP para aplicação do SAEB. 

SAEB

O Sistema de Avaliação da Educação Básica é um conjunto de avaliações em larga escala que permite realizar um diagnóstico da Educação Básica brasileira e dos aspectos da qualidade educacional. A avaliação é composta por testes cognitivos e questionários aplicados a cada dois anos, em escolas da rede pública e em uma amostra da rede privada. 

Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado