IPVA
Foto: Camila Souza/GOVBA

A Bahia terá o suporte de um comitê para auxiliar nos esforços de redução dos números de lesões e mortes nas vias públicas, colaborando inclusive para o cumprimento da meta da Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito. Trata-se do Comitê Gestor de Segurança Viária, que será formalmente instituído na próxima quarta-feira (29), durante o 6º Workshop de Segurança Viária da Bahia.

O workshop – que vai reunir especialistas e autoridades no trânsito – será realizado das 9h às 12h, com transmissão pelo canal do YouTube da Secretaria da Administração do Estado (Saeb). Na programação, estão previstas presenças do secretário Nacional de Trânsito, Frederico Carneiro, do secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Cavalcanti, do diretor-geral do Detran, Rodrigo Pimentel, e do especialista em transporte do Banco Mundial, Carlos Bellas.

A criação do comitê é um compromisso assumido pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) com o Banco Mundial, que dará apoio à sua estruturação. Presidido pelo Conselho Estadual de Trânsito (Cetran-Ba), o comitê terá como objetivo analisar as situações críticas ocorridas no trânsito do Estado e implementar soluções estratégicas de intervenção para aperfeiçoar a segurança viária, reduzindo o número de mortos e feridos nos sinistros de trânsito.

De acordo com a presidente do Cetran-Ba, Margareth Gramacho, um dos principais desafios do novo comitê será a elaboração de uma Política de Gestão de Segurança Viária para o Estado. “Por meio desta política, nós vamos definir os parâmetros de atuação de cada instância do Sistema Nacional de Trânsito, para a adoção de medidas assertivas que nos permitam atuar dentro de um conceito de ‘visão zero’, ou seja, a visão de que as mortes no trânsito são inaceitáveis e de que, independente da atitudes inseguras individuais, é responsabilidade dos órgãos atuar para isso”, explica Margareth.

Para viabilizar a elaboração do documento, o comitê terá a assessoria de uma consultoria especializada, contratada com recursos do Banco Mundial. A iniciativa irá permitir, entre outras coisas, que o comitê realize um trabalho de gestão de indicadores relacionados aos sinistros do trânsito. “A clareza e a precisão dos indicadores de segurança é fundamental para a tomada de decisões do Comitê, que terá atribuições não só de acompanhamento, mas também deliberativas”, explica Margareth Gramacho.

O Comitê Gestor de Segurança Viária da Bahia será composto pelos conselheiros do Cetran, incluindo os titulares dos órgãos estaduais do Sistema Nacional de Trânsito (Detran, SIT/Seinfra e PM), órgãos municipais de trânsito, representantes da sociedade ligados à área de trânsito e especialistas em meio ambiente, medicina e psicologia de trânsito. Além disso, o comitê contará com a participação das secretarias estaduais da Saúde (Sesab) e Educação.

Fonte: Ascom/Saeb