Em expansão, o Polo Agroindustrial e Bioenergético do Médio São Francisco, recebeu a visita de três novos grupos investidores, nesta quinta-feira (2). Liderada pelo vice-governador e secretário do Planejamento João Leão, a comitiva de negócios foi formada por executivos das empresas Cavalo Marinho Derivado de Petróleo, Rebrace Reflorestadora do Brasil, Fertimaxi Fertilizantes, e pelo superintendente do Banco do Brasil. O grupo visitou empreendimentos em implantação no Muquém do São Francisco e Barra, além da Fazenda Escola Modelo e as obras da ponte Barra Xique-Xique, em fase de finalização.

“Para mim é fundamental que os futuros investidores vejam in loco o quanto a região é promissora. Além de levar a comitiva em empreendimentos privados, mostramos a infraestrutura que o Governo do Estado tem viabilizado na região, instrumento essencial, que facilitará a logística e escoamento da produção. Já a Fazenda Escola, que auxilia na formação da mão de obra é fundamental para o desenvolvimento de qualquer negócio e importante para mudança da realidade socioeconômica. Dessa vez, trouxe também o Banco do Brasil junto. O agente financeiro é um braço necessário para a atração de investimentos”, declarou Leão.

A comitiva esteve na Serpasa Agorindustrial, em Muquém do São Francisco, a primeira usina sucroalcooleira em implantação no Polo Agroindustrial; na Barra Agropecuária, que produzirá soja, milho, feijão e tomate; e na Euroeste, do segmento da agropecuária, com expectativa de criação de 7,5 mil bois, todos empreendimentos em Barra. Na Fazenda Escola Modelo, a comitiva conheceu o espaço onde serão desenvolvidas técnicas irrigadas e agroindustriais dentro do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Águas. Para finalizar o dia, foram vistoriadas as obras da ponte Barra Xique-Xique.

Fonte: Ascom/Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan)