O MINISTRO EDSON FACHIN/ DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL/ DETERMINOU QUE A UNIÃO DÊ PROSSEGUIMENTO A UM PROCESSO QUE PERMITE AO ESTADO DA BAHIA OBTER CRÉDITO INTERNACIONAL DE APROXIMADAMENTE DUZENTOS E ONZE MILHÕES DE REAIS// A AÇÃO FOI MOVIDA PELA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO/ PARA ASSEGURAR O DIREITO À CONTINUIDADE DE TRAMITAÇÃO DO PROCESSO DE ANÁLISE DE OPERAÇÃO DE CRÉDITO INTERNACIONAL// O PROCEDIMENTO FOI ENCAMINHADO PELO PODER EXECUTIVO AO SENADO FEDERAL/ PARA APRESENTAR GARANTIA AO ESTADO PELA UNIÃO// SEGUNDO A AÇÃO/ O ESTADO DA BAHIA AUTORIZOU O PODER EXECUTIVO A CONTRATAR EMPRÉSTIMO EXTERNO JUNTO AO BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO/ NO VALOR DE ATÉ QUARENTA MILHÕES DE DÓLARES PARA O PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO E FORTALECIMENTO DA GESTÃO FISCAL DO ESTADO DA BAHIA – PROFISCO II//

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ LEONARDO OLIVEIRA///