Neste sete de agosto, dia em que a Lei Maria da Penha completa 15 anos, celebremos essa conquista das mulheres e vamos ouvir as nossas convidadas: a desembargadora Nágila Brito, da Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça da Bahia, a feminista e professora do Núcleo de Estudos Interdisciplinares da Mulher (NEIM), Márcia Tavares, e a farmacêutica e bioquímica Maria da Penha, que dá nome à legislação. Maria da Penha sofreu duas tentativas de homicídio por parte do então companheiro, em 1983, e lutou por quase 20 anos para que o agressor fosse condenado.