Para quem ainda não decidiu qual presente comprar para o Dia dos Pais, uma boa dica é utilizar o aplicativo Preço da Hora Bahia para pesquisar produtos e encontrar os melhores preços de estabelecimentos de toda a Bahia sem sair de casa. Baseado nas notas fiscais eletrônicas processadas diariamente pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), o app permite pesquisar sobre mais de 500 mil produtos, com as informações sobre preços, contatos das lojas e rotas para se chegar ao endereço desejado. Com mais de 430 mil downloads, o Preço da Hora Bahia está disponível na Apple Store, no Google Play Store e também pelo site www.precodahora.ba.gov.br.

A estudante Vitória Cerqueira aproveitou as funcionalidades do aplicativo para pesquisar as melhores promoções deste Dia dos Pais. “Estava na dúvida entre presentear meu pai com um sapato social ou com uma camisa, mas encontrei uma super promoção de calçados no Preço da Hora Bahia e já me decidi”, conta a estudante. “Para mim, que adoro economizar, o app ajuda muito e o melhor é que posso pesquisar em várias lojas sem precisar sair de casa”.

Na página inicial do aplicativo, é só digitar o produto desejado no campo de pesquisa para comparar os preços praticados para este item, ou realizar a pesquisa com o código de barras . O Usuário também pode ordenar a busca pelo menor ou maior preço, pela venda mais recente ou mais antiga, ou pelo estabelecimento mais próximo ou mais distante. Também é possível filtrar a pesquisa por distância da localização atual ou pelo tempo decorrido desde a última venda.

“Com o Preço da Hora Bahia, o usuário economiza tempo e dinheiro, e já sai de casa para fazer a compra mais barata”, ressalta o diretor de Produção de Informações da Sefaz-Ba, Jadson Bitencourt.

Funcionalidades

Além de permitir a pesquisa em um raio de até 30 quilômetros de onde se localiza o usuário, em qualquer município do estado, o Preço da Hora Bahia traz uma série de outras funcionalidades. O aplicativo possui canais específicos para pesquisas em farmácias e postos de gasolina, a possibilidade de denunciar contribuintes que se recusam a emitir a nota fiscal, entre outras irregularidades, e ainda a disponibilização do histórico de preços dos produtos. O usuário pode também compartilhar os preços e os produtos pesquisados com os amigos nas redes sociais.

A nova versão do aplicativo trouxe mais uma novidade. Agora é possível criar grupos com os estabelecimentos comerciais favoritos do usuário. Assim, é possível pesquisar os preços de produtos em locais já frequentados ou próximos de casa ou do trabalho, como mercados, postos de gasolina, farmácias, entre outros. O usuário pode ainda utilizar as suas listas de compras para serem processadas sempre nos estabelecimentos favoritos.

Fonte: Ascom/Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz)