Os agricultores familiares da Comunidade Curral Falso, localizada no município de Monte Santo, Território do Sisal, estão incrementando a produção de caprinos e ovinos com o apoio do Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva.

Foram destinados à Associação São Domingos dos Pequenos Agricultores de Curral Falso recursos de R$ 837,7 mil visando o aumento da renda de 34 famílias, diretamente, e a possibilidade de acesso ao mercado. Para isso, já foram entregues 510 mil raquetes de palma doce e miúda e construídos 34 apriscos e cisternas de produção, com capacidade de armazenamento de 52 mil litros de água da chuva. Também serão entregues seis reprodutores ovinos e quatro reprodutores caprinos, além de máquinas e equipamentos, para potencializar o manejo alimentar, como máquina forrageira e reboque.

Romilda de Jesus está entre os criadores que estão motivados e com muitas expectativas futuras: “Os apriscos melhoraram nosso manejo com os animais, antes não tinha como a gente prender para dar remédio, fazer o manejo sanitário e alimentar. As palmas também têm muita importância, principalmente no período de estiagem, que a gente não tem muito recurso para alimentação”.

O Assistente Territorial do Bahia Produtiva no Sisal, Florisvaldo Júnior, ressalta que, desde a chegada do Bahia Produtiva, a comunidade vem obtendo melhorias na produção: “Começando pelas estruturas de acondicionamento dos animais e fonte de água para dessedentação. Antes, as estruturas eram inadequadas, comprometendo a produção. Hoje há melhorias significantes na organização da comunidade, nas estruturas de criação e na alimentação”.

A comunidade também é atendida com assistência técnica e extensão rural pelo Movimento de Organização Comunitária (MOC), entidade prestadora de ATER, e conta com um Assistente Comunitário Rural (ACR), que também presta assessoria técnica aos agricultores.

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), cofinanciado pelo Banco Mundial, e já investiu R$ 58,1 milhões na ovinocaprinocultura, beneficiando diretamente 3.753 famílias.

Fonte: Ascom/Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR)