Durante reunião com agentes públicos dos municípios que compõem o Território de Identidade Sertão do São Francisco, realizada nesta quarta-feira (4), em Juazeiro, o secretário estadual de Agricultura, João Carlos Oliveira, anunciou a criação do Fórum Estadual dos Secretários da Agricultura. O objetivo é discutir soluções e políticas públicas voltadas para “este importante setor, que é um dos maiores vetores da economia do estado, respondendo por 1/4 do PIB da Bahia”.

Na ocasião, ele ouviu as reivindicações dos representantes municipais do Sertão do São Francisco, a exemplo da certificação dos produtos para que eles possam ser comercializados em todo território nacional e até exportados; melhoria das estradas vicinais, combate à mosca-das-frutas, além de uma política que preserve a identidade dos produtos baianos.

De acordo com o titular da Seagri, o trabalho deve ser conjunto, pois não adianta apenas haver esforços individuais. Inclusive, citou o exemplo da mosca-das-frutas que, mesmo um município tendo todos os cuidados sanitários para evitar que a praga chegue à sua plantação, se não houver um esforço conjunto, a plantação não estará livre. O manejo para este combate tem que ser inerente a todos os municípios que possuem a fruticultura.

Ainda durante o encontro, o secretário da Agricultura de Juazeiro, Carlos José Neiva, entregou um documento com as demandas comuns da região para que seja avaliado pela Secretaria de Estado. Mas antes, ele falou da necessidade da Seagri itinerante para os municípios estarem mais perto do Estado.

Mosca-das-Frutas

É uma praga que causa grandes prejuízos à fruticultura e atinge muitas plantações. E como o Vale do São Francisco é um dos maiores polos produtores de Frutas, a Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados (ABRAFRUTAS) realizou, na tarde desta quarta-feira (4), uma reunião com representantes dos produtores, do Ministério da Agricultura (Mapa), da Seagri e demais entidades para discutirem medidas de combate e erradicação da mosca-das-frutas.

Presente ao evento, o Secretário da Agricultura, João Carlos, pontuou que está na região para encontros com prefeitos e produtores rurais no sentido de viabilizarem ações coletivas que beneficiem a todos, sobretudo com relação ao combate à mosca-das-frutas. Ele destacou que sua equipe já trabalha num projeto de assistência técnica para atender, sobretudo, o pequeno e médio agricultor.

De acordo com o presidente da ABRAFRUTAS, é fundamental esta mobilização para que as pessoas entendam o danos econômicos causados por esta praga, uma vez que ela impede a exportação de frutas, pois um dos requisitos para ingressar em alguns mercados importadores é o reconhecimento da Área Livre da Mosca das Frutas (ALP).

O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de frutas, com produção anual em torno de 40 milhões de toneladas. sendo que somente cerca de 3% dessa produção é exportada. E a Bahia é responsável por mais de 30% da produção do país. Sendo o Vale do São Francisco um dos maiores responsáveis por estes números. Só de manga, ele responde por aproximadamente 90% das exportações do país.

Fonte: Ascom/Seagri