AS ÁREAS DE CACAU DA ASSOCIAÇÃO DOS REMANESCENTES DE QUILOMBOLAS PRODUTORES RURAIS DO BARRO VERMELHO/ DO MUNICÍPIO DE MARAÚ/ FORAM AMPLIADAS E QUALIFICADAS GRAÇAS AO INVESTIMENTO DO GOVERNO DO ESTADO/ POR MEIO DO PROJETO BAHIA PRODUTIVA// COM ISSO/ A EXPECTATIVA É QUE A PRODUÇÃO/ QUE HOJE CHEGA A MÉDIA DE DEZ HECTARES POR ANO/ PASSE PARA CEM HECTARES// SÃO DESTINADOS MAIS DE TREZENTOS E OITENTA E SETE MIL REAIS PARA A MELHORIA DAS ÁREAS DE CULTIVO/ VISANDO A AGREGAÇÃO DE VALOR/ POR MEIO DO BENEFICIAMENTO DA AMÊNDOA/ O AUMENTO DA PRODUTIVIDADE E O MANEJO DA BIODIVERSIDADE PRESENTE NAS ÁREAS/ ALÉM DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA AS FAMÍLIAS DE AGRICULTORES// FORAM IMPLEMENTADAS TÉCNICAS DE PRODUÇÃO DE CACAU POR INTERMÉDIO DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL// TAMBÉM FORAM ENTREGUES DEZ TONELADAS DE CALCÁRIO E MUDAS DE CACAU E EQUIPAMENTOS VISANDO O MANEJO ADEQUADO E OTIMIZADO DO CACAUEIRO// SÃO BENEFICIADAS DIRETAMENTE TRINTA E DUAS FAMÍLIAS DE AGRICULTORES///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ LEONARDO OLIVEIRA///