Lançamento PPE Polícia Civil

Registrar ocorrências policiais com mais agilidade, eficácia e menor custo, estão entre os objetivos e funcionalidades do Procedimento Policial Eletrônico (PPE), que teve sua implantação lançada oficialmente no Centro de Operações e Inteligência da Segurança Pública (COI/SSP), nesta terça-feira (20). A ferramenta consiste também na tramitação de procedimentos por meio eletrônico. 

O secretário da Segurança Pública Ricardo Mandarino, o subsecretário delegado Hélio Jorge Paixão, superintendentes da pasta, a delegada-geral Heloísa Campos de Brito, a delegada-geral adjunta Elâine Nogueira e diretores de departamentos da Polícia Civil participaram da apresentação da ferramenta.  

A delegada-geral Heloísa Campos de Brito afirmou a importância do compromisso de servidores e da sociedade para a eficácia do PPE. “Trata-se de um grande progresso tecnológico e histórico para a Polícia Civil da Bahia, contudo, como todo avanço digital, demanda adaptação e conhecimento para o domínio mais eficaz da ferramenta. Neste diapasão é indispensável o empenho de todos para o domínio da ferramenta”, orientou. 

O coordenador-geral do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), Rafael Rodrigues, destacou algumas vantagens do sistema. “A ferramenta permite o compartilhamento dos boletins com outros estados, facilitando a troca de informações, além do aproveitamento dos dados nos procedimentos, além de não haver custos com a implantação, manutenção e evolução”, afirmou. 

Além de detalhar o PPE, Rafael Rodrigues, também apresentou outras soluções tecnológicas para a polícia. “Viemos apresentar, além das inovações e vantagens do Sinesp/PPE, uma série de soluções tecnológicas voltadas para os órgãos de segurança pública. Parabenizo a Polícia Civil da Bahia pela integração a este importante sistema”, comentou. 

As capacitações dos multiplicadores para utilização do PPE tiveram início nesta segunda-feira (19) com a participação de representantes das 26 coordenarias regionais do interior, na Academia da Polícia Civil (Acadepol).  

Fonte: Ascom/ Polícia Civil-BA