Empreendimentos de cooperativas da agricultura familiar baiana foram selecionados entre os 250 empreendimentos indicados, em todo o Brasil, para fazer parte do programa Empreender com Impacto+Biodiversidade, realizado pela empresa de comércio eletrônico Mercado Livre e pela Giral Viveiro de Projetos, uma consultoria que trabalha com geração de valor compartilhado, há mais de 10 anos. 

O programa vai apoiar os empreendimentos da agricultura familiar para digitalizar a estratégia comercial no Mercado Livre, potencializando o impacto positivo e levando os produtos dessas cooperativas para todo Brasil. Foram selecionadas a Cooperativa da Cajucultura Familiar do Nordeste da Bahia (Cooperacaju), Cooperativa dos Produtores de Abacaxi de Itaberaba (Coopaita), Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc) e  a Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina (Coopes).  

Com isso, produtos a base de castanhas de caju, de frutas da Caatinga, como o umbu e o maracujá-da-Caatinga, a base de licuri e frutas desidratadas, estarão disponíveis para a compra, no catálogo da empresa de Comércio Eletrônico Mercado Livre. 

O gerente de Mercados Privados da Coopercuc, Dailson Andrade, observa que o Mercado Livre é hoje um dos maiores Market Places – lojas de venda on-line, do país, com presença no Brasil e países da América Latina, que tem dentro de suas ações esse programa chamado de ‘Negócios de Impacto’, que esse ano selecionou 89 projetos, de um total de 250 inscritos em todo o Brasil.  

“Vamos vender na plataforma em condições diferenciadas. Essa é uma conquista importante para a Coopercuc e para a agricultura familiar da Bahia. É o resultado dos investimentos que vêm sendo feitos pelo Governo do Estado, em especial, do projeto Bahia Produtiva e coloca a Coopercuc em um outro patamar. Nós, que já temos uma presença forte com o mercado de revenda para empresas, agora também atuaremos em outros mercados. Com certeza isso vai ajudar no aumento das nossas vendas, num momento como esse. Como todos sabemos, a pandemia nos forçou a mudar nossos hábitos de consumo e a internet é uma ferramenta que, cada dia mais, vem se consolidando, e estar no Mercado Livre é uma consolidação dessa estratégia da Coopercuc, de ampliar seus mercados”, destaca Dailson.   

A indicação para o processo de seleção foi da Conexus, organização que assessora empreendimentos comunitários. Com a parceria firmada, será possível aos empreendimentos acessar os cursos de marketing digital e estratégias de comercialização e realizar vendas diretas por meio da plataforma digital, ampliando o acesso a diferentes nichos de mercado, e obter descontos das taxas, entre outras vantagens.  

Bahia Produtiva 

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), cofinanciado pelo Banco Mundial.  

Fonte: Ascom/ SDR