Nota fiscal eletrônica
Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Os participantes da campanha Nota Premiada Bahia já podem conferir os bilhetes com os quais irão concorrer no sorteio de julho. Para consultar os bilhetes, basta acessar o site www.notapremiadabahia.ba.gov.br, fazer login e escolher a opção “Minha Conta” => “Bilhetes”. A busca deve ser filtrada pelo mês de junho, pois os bilhetes são gerados a partir das notas fiscais eletrônicas com a inclusão do CPF feitas no mês anterior.

O resultado do sorteio será publicado na próxima quinta-feira (22), no site da campanha e nas redes sociais: @notapremiadabahia e @sefazbahia no Instagram, @sefazba no Twitter e @sefaz.govba no Facebook. Serão ao todo R$ 1 milhão em prêmios: um de R$ 100 mil e 90 de R$ 10 mil. Os bilhetes vencedores serão definidos com base no sorteio da Loteria Federal.

A Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba), responsável pela campanha, explica que, como forma de equilibrar as chances dos cidadãos com maior ou menor volume de compras, cada participante tem direito, no máximo, a 45 bilhetes mensais, equivalentes a um teto de R$ 2 mil em compras no mês.

Para participar da Nota Premiada, basta se cadastrar uma única vez, preenchendo o formulário disponível no site www.notapremiadabahia.ba.gov.br e, após essa etapa, pedir para inserir o CPF na nota fiscal a cada compra realizada em estabelecimentos comerciais. O participante, no ato do cadastro, escolhe até duas instituições filantrópicas que integram o programa Sua Nota é um Show de Solidariedade, uma da área social e outra da área de saúde, para doar as suas notas eletrônicas.

A Nota Premiada conta atualmente com mais de 617 mil participantes inscritos. Desde fevereiro de 2018, os sorteios da campanha já premiaram 1.679 pessoas, das quais 1.069 moram na capital, 609 no interior e uma fora do estado. A cada quatro meses, as notas compartilhadas transformam-se em repasses de R$ 3 milhões distribuídos entre as entidades ativas no Sua Nota é um Show de Solidariedade, que hoje somam 494. A campanha já destinou R$ 40,8 milhões para estas entidades, desde seu início, considerando o último repasse realizado neste mês de junho.

Fonte: Ascom/ Sefaz