Hemoba e Policia Militar da Bahia se unem em mais uma campanha de Doação de sangue em todo o Estado. Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Para manter os estoques de sangue em nível de segurança, a sede da fundação Hemoba, localizada na Avenida Vasco da Gama, em Salvador, funciona para doação de sangue e cadastro de medula óssea nesta sexta-feira (2), feriado da Independência do Brasil na Bahia, das 7h às 12h30.  

Durante o Junho Vermelho, mês de incentivo à doação de sangue em todo o país, a Hemoba recebeu mais de 13 mil voluntários à doação de sangue em todo o Estado e coletou 10.251 bolsas de sangue. Este número representa um aumento de 35% na quantidade de doadores mobilizados se comparado com o mesmo período de 2020, quando os postos de coleta receberam 9.598 candidatos à doação e coletou 7.702 bolsas de sangue.  

“Nosso sentimento é de gratidão ao povo baiano que atendeu ao chamado da solidariedade neste período de pandemia. Para que os estoques continuem estáveis, precisamos fidelizar esses doadores. Temos uma solicitação constante de hemocomponentes, por isso o convite continua estendido durante todo o ano, inclusive no feriado de 2 de julho. Doar sangue é um ato de amor e também de cidadania”, disse Fernando Araújo, diretor-geral da instituição.   

Os demais postos de coleta, em Salvador e no interior do estado, estarão fechados durante o feriado (02). No sábado (03), a sede da Hemoba atende os doadores das 7h ás 12h30 e os postos de coleta dos shoppings Salvador e Salvador Norte, das 10h às 17h.   

Sobre a doação

Para doar sangue, o voluntário deve estar de máscara, em boas condições de saúde, sem sintomas virais, pesar mais de 50 quilos, estar bem alimentado, ter dormido pelo menos 6h, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12h, não fumar por pelo menos duas horas, e ter entre 16 e 69 anos incompletos. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de um responsável legal, e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional. 
Durante a pandemia, a recomendação é de que pessoas com mais de 60 anos permaneçam em casa. 

Fonte: Ascom/ Hemoba