Mais uma vez, o governador Rui Costa falou sobre as condições impostas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a chegada da vacina russa Sputinik V ao Brasil. Nesta quarta-feira (21), ele afirmou que a situação “é de causar indignação” e informou que haverá uma reunião com o Fundo Soberano da Rússia hoje a tarde. Rui também contou que o Consórcio do Nordeste enviou uma correspondência ao ministro da saúde, Marcelo Queiroga, para obter um posicionamento oficial em relação à liberação ou não da entrada do imunizante no país.