O PESQUISADOR BAIANO ROGÉRIO OLIVEIRA/ DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ/ RESOLVEU AVALIAR O POTENCIAL DA TECNOLOGIA BLOCKCHAIN/ QUE MINIMIZA ERROS DE TRANSAÇÃO E O RISCO DE INFORMAÇÕES FALTANTES/ NA COMPOSIÇÃO DE UM SISTEMA DE RASTREABILIDADE DE ORIGEM// O OBJETIVO É GARANTIR A AUTENTICIDADE DOS DADOS DO PRODUTO/ E AVALIAR SE ELE ESTÁ DE ACORDO COM OS PADRÕES INFORMADOS NAS EMBALAGENS// DE ACORDO COM ROGÉRIO/ O SISTEMA DE RASTREABILIDADE FAZ COM QUE A INFORMAÇÃO DO PROCESSO PRODUTIVO CHEGUE AO CONSUMIDOR/ PARA QUE ELE SEJA CAPAZ DE IDENTIFICAR AS CARACTERÍSTICAS IMPORTANTES DO PRODUTO FINAL// JÁ AS CERTIFICAÇÕES BUSCAM EVIDENCIAR A APLICAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS DE PRODUÇÃO/ DO ASPECTO SOCIAL ATÉ O AMBIENTAL// APLICAR ESSE TIPO DE TECNOLOGIA POSSIBILITA IDENTIFICAR/ DA ORIGEM ATÉ O DESTINO/ CASO HAJA UM PROBLEMA EM ALGUM INSUMO/ DIMINUINDO O IMPACTO GERADO/ ALÉM DE MINIMIZAR AS CHANCES DE CONTRADIÇÃO ENTRE AS CARACTERÍSTICAS DESCRITAS E REAIS DE UM DETERMINADO PRODUTO///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANTÔNIO ANSELMO///