O INTERVALO ENTRE A PRIMEIRA DOSE E A SEGUNDA DAS VACINAS CONTRA A COVID-19 NA BAHIA VAI PERMANECER O PRECONIZADO PELO PLANO NACIONAL DE OPERACIONALIZAÇÃO DA VACINAÇÃO CONTRA COVID-19// A DECISÃO FOI CONFIRMADA NESTA QUARTA-FEIRA/ EM REUNIÃO DA COMISSÃO INTERGESTORES BIPARTITE/ QUE É UMA INSTÂNCIA DELIBERATIVA E REÚNE REPRESENTANTES DOS QUATROCENTOS E DEZESSETE MUNICÍPIOS BAIANOS E O ESTADO// PARA OS IMUNIZANTES DA OXFORD E DA PFIZER/ PERMANECE O INTERVALO DE DOZE SEMANAS// PARA A CORONAVAC/ O APRAZAMENTO PARA A SEGUNDA DOSE CONTINUA VINTE E OITO DIAS APÓS A PRIMEIRA APLICAÇÃO///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///