OS CENTO E SETENTA E NOVE SERVIDORES DA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO CEDIDOS AO MUNICÍPIO DE ILHÉUS VÃO SER REINCORPORADOS AO QUADRO ESTADUAL IMEDIATAMENTE E SERÃO REALOCADOS PARA ATUAR NO HOSPITAL MATERNO-INFANTIL/ QUE VAI SER ADMINISTRADO DE FORMA DIRETA PELO GOVERNO BAIANO// A DECISÃO ASSEGURA OS PROVENTOS INTEGRAIS DOS SERVIDORES ESTADUAIS/ BEM COMO GARANTE A ABERTURA DA UNIDADE COM MAIOR CELERIDADE// UM ACORDO FIRMADO EM 2019 PREVIA QUE APÓS A CONCLUSÃO DA REFORMA E AMPLIAÇÃO/ O HOSPITAL MATERNO-INFANTIL SERIA CEDIDO AO MUNICÍPIO DE ILHÉUS/ PORÉM/ APÓS ANÁLISE DO IMPACTO DOS CUSTOS DA OPERAÇÃO SOBRE O ORÇAMENTO MUNICIPAL/ SERIA MUITO DIFÍCIL PARA A PREFEITURA ASSUMIR A GESTÃO// DESSA FORMA/ O GOVERNO DO ESTADO DECIDIU RESCINDIR O CONTRATO DE CESSÃO E ASSUMIR A GESTÃO DIRETA DA UNIDADE///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///