COM UM TOTAL DE TREZENTOS E SESSENTA E OITO EXAMES DE SEQUENCIAMENTO GENÉTICO DO VÍRUS DA COVID-19 REALIZADOS EM NOVE MESES/ A BAHIA NÃO TEM CIRCULAÇÃO DA VARIANTE DELTA/ DA ÍNDIA/ DA COVID-19// DE ACORDO COM O ÚLTIMO BOLETIM DIVULGADO PELO LACEN/ LABORATÓRIO CENTRAL DE SAÚDE PÚBLICA DA BAHIA/ A VARIANTE GAMMA/ ANTIGA P.1/ ORIGINÁRIA EM MANAUS/ AINDA É RESPONSÁVEL POR QUASE OITENTA POR CENTO DAS INFECÇÕES NO ESTADO// RECONHECIDA COMO A TERCEIRA MAIOR UNIDADE DE VIGILÂNCIA LABORATORIAL DO PAÍS E CLASSIFICADO NA CATEGORIA MÁXIMA DE QUALIDADE PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE/ O LACEN ANALISOU AMOSTRAS DE CENTO E CINQUENTA MUNICÍPIOS DOS NOVE NÚCLEOS REGIONAIS DE SAÚDE// A PARTIR DAS AMOSTRAS/ FOI POSSÍVEL IDENTIFICAR QUE CIRCULAM NO ESTADO VINTE E TRÊS LINHAGENS DIFERENTES DO VÍRUS DA COVID-19/ ENTRE ELAS/ AS VARIANTES ALPHA/ DO REINO UNIDO/ E GAMMA/ DE MANAUS/ CONSIDERADAS COMO VARIANTES DE PREOCUPAÇÃO E DE INTERESSE///

COM INFORMAÇÕES DA SECOM BAHIA/ ANDERSON OLIVEIRA///