Mais 1.388 estudantes universitários foram selecionados pelo Programa Partiu Estágio e terão a oportunidade de atuar nos órgãos estaduais, em 60 municípios da Bahia, com postos de trabalho na capital e interior do estado. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, nesta terça-feira (1º), durante o Papo Correria. Outro destaque do programa foi a confirmação de que o pagamento da segunda parcela de R$ 150 do programa Bolsa Presença, para famílias com filhos matriculados na Rede Estadual de Ensino e em condição de vulnerabilidade socioeconômica, será realizada no dia 10 de junho.

“Estamos investindo muito na educação, porque acreditamos que é o caminho para o desenvolvimento de nosso povo. Além das bolsas e programas como o Primeiro Emprego, temos investimentos em novas escolas, em requalificação da infraestrutura das escolas existentes, para capacitar e dar condições para um modelo que vai integrar educação profissional, arte, cultura e esporte com a aprendizagem convencional. Nos próximos meses, nós vamos inaugurar uma série de escolas e iniciar outras obras.”, afirmou o governador.

Estágio

Nesta edição do Partiu Estágio, o programa contemplará 110 cursos de graduação. A lista com os convocados será divulgada nesta quarta-feira (2). Os estudantes selecionados terão até vinte dias úteis para apresentar a documentação exigida no edital, a partir do dia 11 de junho, ao órgão em que irão atuar. O chamamento será encaminhado por e-mail e SMS. Já a lista dos convocados estará disponível para consulta no site da Secretaria da Administração do Estado (Saeb). Os universitários que não apresentarem a documentação completa, ou não se apresentarem dentro do prazo estipulado, perderão a vaga de estágio automaticamente.

Devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, todas as medidas preventivas estão sendo adotadas por cada órgão, no intuito de garantir a segurança de seus colaboradores. Em caso de dúvidas, os estudantes podem entrar em contato por e-mail ou pelo telefone do órgão em que irão estagiar. Todos esses dados estarão no e-mail de convocação para o estágio. Após a entrega de toda a documentação e assinatura do contrato, o universitário já poderá iniciar o estágio.

Tecnologia

Também nesta quarta-feira (2), será lançado um convênio entre a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a startup Digital Innovation One com o objetivo de permitir a distribuição de 10 mil vagas para formar desenvolvedores de software capacitados para o mercado de TI. O objetivo do ProgramAÊ é levar educação em desenvolvimento de software para milhares de pessoas do estado de forma totalmente gratuita, democratizando o aprendizado em tecnologia, além de capacitar milhares de desenvolvedores para suprir o déficit do mercado nacional. As inscrições para as vagas ficarão abertas até o dia 30 de junho e podem ser acessadas, nas modalidades iniciante e avançado, no site da Secti.

De acordo com a secretária da Secti, Adélia Pinheiro, trata-se de uma oportunidade que os jovens baianos terão para aperfeiçoar as suas habilidades no setor de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação). “Promover acesso à educação em desenvolvimento de software para os nossos jovens é incentivar que eles possam ter um futuro promissor em um dos setores de maior potencial de crescimento no mercado de trabalho. Além disso, é um grande ganho econômico para o nosso estado, pois, com profissionais capacitados, conseguimos atrair ainda mais empresas para a Bahia”, afirmou.

Os cursos são online e envolvem a criação de soluções e sites com o uso de HTML, CSS, JavaScript, ReactJS, Node.js, Java, NET, Python e bancos de dados. Serão trabalhados ainda o desenvolvimento de soft skills e debates a respeito de aspectos fundamentais dessa carreira no mercado de trabalho. As aulas são tanto gravadas quanto ao vivo, todas ministradas por profissionais do setor.

Repórter: Tácio Santos