A comercialização de produtos de associações e cooperativas da agricultura familiar é um dos objetivos do Festival de Economia Solidária São João da Minha Terra, promovido pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). Para ampliar esse processo, fundamental em tempos de pandemia, foi estabelecida uma parceria com a plataforma de vendas online Escoaf, que atua em Salvador e região metropolitana.

Durante todo o mês de junho, produtos dos Centros de Economia Solidária (Cesols) dos territórios Litoral Sul, Recôncavo, Bacia do Jacuípe, Sertão do São Francisco, Piemonte Norte do Itapicuru, Sertão Produtivo e Chapada Diamantina podem ser adquiridos através do link https://www.escoarbrasil.com.br/festival e serão entregues diretamente nas residências dos consumidores.

A Diretora Executiva da Escoaf, Susana Calmon, afirma que essa ação “representa o fortalecimento do interior na capital, através dos sabores e saberes, uma fonte de renda e motivação para os empreendimentos produzirem mais”. “É a afirmação do empoderamento do campo, inovação, saúde na mesa e oportunidade de aproximar o consumidor de quem produz”, diz.

Entre os produtos comercializados estão chocolates, doces, queijos, licores, vinhos, biscoitos, farinha, roupas, artesanato e outros itens com as características únicas de cada região. De acordo com Tiago Fernandes, coordenador do Cesol Litoral Sul, “essa parceria permite que os produtos do Sul da Bahia sejam comercializados no maior mercado consumidor do Estado. Isso fortalece a geração de emprego e renda e é também um referencial da qualidade da agricultura familiar e seu compromisso com a sustentabilidade”.

Aberto no último dia 13, o Festival de Economia Solidária São João da Minha Terra ainda terá apresentações online nos dias 23 e 24, com transmissão através do Facebook, YouTube e Instagram (@economiasolidariaba).

Fonte: Ascom/Setre