São João Sinfônico
Foto: Reprodução

No dia 27 de junho, às 11h, um time especial ocupará o Domingo no TCA para celebrar o período de junino no canal do Teatro Castro Alves no YouTube, com exibição simultânea na televisão, pela TVE Bahia. Os músicos Gilberto Gil, Geraldo Azevedo, Mariana Aydar, Bule-Bule, João Cavalcanti e Marcelo Caldi protagonizam o “São João Sinfônico” (edição 2020), da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba). O vídeo-concerto junino traz repertório que celebra grandes compositores nordestinos como Luiz Gonzaga (1912-1989), Sivuca (1930-2006) e Dominguinhos (1941-2013). O público poderá assisti-lo no YouTube do TCA até o dia 4 de julho.

Este registro audiovisual desperta uma memória afetiva dos festejos juninos, que vai da música, como o forró, o baião e o xote, passando pelo colorido das bandeirolas e as comidas de milho. O “São João Sinfônico” de 2020 trouxe, pelo quarto ano consecutivo, a Osba integrando o seu repertório a esta data tão importante no calendário nordestino. Celebrar o São João é celebrar os tantos ritmos nordestinos com seus compositores consagrados.

Por isso, de Luiz Gonzaga, rei do baião, os integrantes da Osba interpretam as músicas “Sabiá”, com participação especial de Geraldo Azevedo, “Asa Branca” e “Noites Brasileiras” – esta última cantada por João Cavalcanti. “Feira de Mangaio”, do sanfoneiro paraibano Sivuca, será apresentada numa versão instrumental. Já Mariana Aydar participa cantando “Gostoso Demais”, de Dominguinhos, que também integra o repertório com a versão instrumental de “Lamento Sertanejo”.

O programa ainda conta com uma paródia da música “Esperando na Janela”, feita por Edu Krieger especialmente para o vídeo-concerto, e cantada pelo mestre Gilberto Gil. A letra aborda os tempos de isolamento e distanciamento social. O músico, repentista e escritor Bule-Bule marca presença no concerto junino recitando o cordel de sua autoria “O Brasil ainda chora a morte de Gonzagão”, e cantando “O sertão melhorou tanto que nem parece sertão” e “Coco pra São João”.

Público

A Osba encontrou uma maneira de celebrar ao lado do seu público uma das festas mais importantes da Bahia: a última música do programa “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, conta com a participação do público, num coro virtual. Os vídeos foram enviados a partir de uma campanha de convocação nas redes sociais.

Criada em 30 de setembro de 1982, a Osba é um corpo artístico do Teatro Castro Alves e que teve seu processo de publicização consolidado em abril de 2017. Desde então, a Associação Amigos do Teatro Castro Alves (ATCA) – entidade sem fins lucrativos qualificada como Organização Social (OS) – realiza a gestão da Osba, que permanece como corpo artístico público, sendo mantida com recursos diretos do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura (SecultBA).

Domingo no TCA

O Domingo no TCA é uma iniciativa do TCA, Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e SecultBA, que se compromete em ampliar e diversificar o seu público frequentador, oferecendo-lhe acesso a espetáculos qualificados, das mais diversas linguagens artísticas. Desde 2007, com mais de 150 edições e cerca de 200 mil espectadores, o projeto engloba apresentações de música, teatro, dança, circo, cinema, de variados estilos e proposições estéticas, da Bahia, do Brasil e do mundo.

Fonte: Ascom/TCA