Munir gestores da Rede SAC na Bahia com dados operacionais que são usados para monitoramento, elaboração de relatórios e como subsídio para a tomada de decisão de forma imediata e precisa. Esse é o objetivo principal da Sala de Situação, ferramenta desenvolvida pela Secretaria da Administração (Saeb) para facilitar o trabalho de coordenadores e diretores do SAC, de forma online. Através da Sala de Situação, é possível tratar desvios e melhorias a serem realizados em tempo real, visando atenuar problemas nos postos SAC por ausência de cotas e atendimentos. 

Para a diretora Operacional do SAC, Nilza Rios, a Sala de Situação funciona como uma espécie de medidor de temperatura do fluxo de atendimento nas unidades. “É uma ferramenta gerencial, que permite melhorar os processos de trabalho, através da análise de indicadores, visando ofertar um atendimento de mais qualidade aos cidadãos, com disponibilização de cotas proporcionais à demanda existente. Sem contar a precisão e embasamento na tomada de decisão estratégica, auxiliando os gestores a atuarem de forma preventiva para alcançar a plena satisfação dos cidadãos”, explicou. 

A Sala de Situação utiliza informações compiladas do sistema do SAC em um ambiente web por meio da ferramenta Business Intelligence (BI) da Microsoft. “A utilização de dados da Sala de Situação foram fundamentais para garantirmos a capacidade de atendimento do SAC nos shoppings, mesmo após o período em que os postos ficaram fechados. As estatísticas foram determinantes para reforçar, de maneira precisa, os serviços com demandas reprimidas”, ressaltou Nilza. 

O intuito da Sala de Situação é democratizar cada vez mais os dados estatísticos, trazendo informações instantâneas sobre o tempo médio de atendimento e de espera nos postos SAC. A Sala de Situação otimiza a construção dos relatórios, facilita o acesso a dados, cruzando informações e tornando mais previsíveis as falhas, ampliando a possibilidade de revertê-las em tempo hábil. 

Fonte: Ascom/ Saeb