Com a expansão dos leitos de UTI na Bahia para controlar a taxa de internação por covid-19, está havendo uma dificuldade em formar equipes médicas especializadas. O secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, afirma que está sendo feito um esforço, com muitos profissionais atuando em jornadas superiores ao habitual. Ele também aproveita para informar que está sendo feita a contratação de médicos para garantir a abertura imediata de 50 leitos de UTI no Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas.