O secretário estadual de saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, explica porque pessoas que receberam a primeira dose ou até mesmo aquelas que já tomaram a segunda dose da vacina contra a covid-19 podem contrair o coronavírus. Ele alerta que não existe uma garantia de imunidade total e que, mesmo com a grande probabilidade de que as pessoas que contraem o vírus após a vacinação não desenvolvam a forma grave da doença, existe o risco de elas se tornarem hospedeiras e disseminarem o coronavírus.