Fique no Lar
Foto: SDE

A ferramenta Fique no Lar ultrapassou 7 mil cadastros na Bahia. Uma opção para achar um fornecedor sem sair de casa e um aliado para os pequenos negócios, que podem divulgar seus produtos e serviços de forma gratuita. São 363 municípios presentes na plataforma, o que representa 87% dos 417 municípios baianos. Salvador lidera no número de negócios com 903 estabelecimentos, seguido de Lauro de Freitas (373), Vitória da Conquista (177), Feira de Santana (134) e Teixeira de Freitas (131).

Com a pandemia, a tecnologia tem sido uma grande aliada da população e até mesmo a ferramenta vem se adaptando para ajudar ainda mais neste momento. Exemplo disso é a nova funcionalidade que permite o compartilhamento nas redes sociais. A plataforma é uma parceria entre as Secretarias de Desenvolvimento Econômico (SDE), de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e o Instituto Federal do Ceará (IFCE) – desenvolvedor do sistema.

“Todos precisaram se reinventar e o governo do Estado precisou fazer o mesmo, essa parceria foi uma forma de apoiar os pequenos. O consumidor encontra produtos e serviços sem sair de casa, e os empreendedores anunciam e vendem com mais facilidade mantendo seus negócios”, declara o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico.

O segmento de supermercados é a atividade mais cadastrada, com 969 empresas, seguido por moda/confecção (654) e alimentação (648). Entre as categorias mais buscadas, alimentação aparece em primeiro lugar com 884 buscas.

Fonte: Ascom/SDE