Na Semana Santa, o movimento no Centro de Abastecimento do Estado (Ceasa) e nos Mercados do Rio Vermelho (Ceasinha), Paripe, Ogunjá e 7 Portas, administrados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), costumam aumentar devido às compras de itens para ceia, como pescados, camarão, temperos e produtos secos. Se você é do tipo que deixa tudo para cima da hora, no dia do feriado, apenas os mercados de Paripe e 7 Portas funcionarão até o meio-dia. Os demais permanecem fechados.

Só é permitido acessar os locais de máscara. Todos os locais estão tomando medidas para conter o avanço da Covid-19 e manter permissionários e clientes seguros. 

Com as medidas restritivas, apenas atividades consideradas essenciais são permitidas até às 5h do dia 05 de abril. Com o toque de recolher às 18 horas, os mercados de Paripe, Ogunjá e 7 Portas estão encerrando mais cedo. Já o Ceasa e o Mercado do Rio Vermelho mantêm seus horários, já que fecham antes do toque de recolher. 

Horários de funcionamento 

Ceasa:
Abertura: Segunda, quarta e sexta, às 3h para permissionários e transportes de carga e às 4h para clientes
Terça, quinta e sábado, às 5h

Fechamento: Segunda à quinta, às 17h. E sábado, às 13h
Sexta-feira Santa (02), o local permanecerá fechado
Domingo, o local não abre. 

Mercado do Rio Vermelho: funcionamento em horário normal, de segunda a sábado, das 7h às 17h e domingo, de 7h às 16h, para os serviços essenciais. Sendo de 7h às 9h exclusivo para idosos. Os stands deverão permanecer fechados até 05/04. Sexta-feira Santa (2), o local permanecerá fechado 

Paripe: funcionamento com encerramento alterado, de segunda a sábado, das 6h às 16h e domingo, das 6h às 14h, para as atividades essenciais. Sexta-feira Santa (2), o local funcionará até meio-dia. 

Ogunjá: funcionamento com encerramento alterado, de segunda a sábado, das 6h às 17h e domingo, das 6h às 14h, para as atividades essenciais. Sexta-feira Santa (2), o local permanecerá fechado. 

7 Portas: funcionamento com encerramento alterado, de segunda a sábado, das 6h às 17h e domingo, das 6h às 13h, para as atividades essenciais. Sexta-feira Santa (2), o local funcionará até meio-dia. 

Fonte: Ascom/ SDE