SAC
Foto: Paula Fróes/GOVBA

Mesmo com as restrições impostas pela pandemia, o Governo do Estado assegurou uma programação especial para marcar o Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta segunda-feira (8). O destaque é o início do funcionamento do SAC Mulher Digital, um novo espaço dedicado às mulheres e com a oferta de serviços de apoio na área de enfrentamento à violência doméstica e familiar, emprego e renda. Para acessar, basta baixar o aplicativo SAC Digital, disponível para Android e iOS, ou acessar o endereço www.sacdigital.ba.gov.br na internet, e utilizar no campo de busca o termo “SACMulher”.

Incorporado ao SAC Digital, a plataforma de serviços online do Estado, o SAC Mulher Digital é uma iniciativa das secretarias da Administração (Saeb) e de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA), em parceria com as secretarias da Segurança Pública (SSP) e do Trabalho, Emprego e Renda (Setre) e órgãos que compõem a rede de atenção à mulher, com colaboração da Prodeb.

A principal inovação do SAC Mulher Digital é concentrar em um só lugar o acesso a serviços diversos oferecidos pelo sistema de justiça e secretarias de Estado, entre eles o Zap Respeita as Mina, lançado em outubro do ano passado pela SPM-BA, e a Delegacia Digital da Polícia Civil, que, desde agosto de 2020, permite o registro de boletim de ocorrência para casos previstos na Lei Maria da Penha e legislações correlatas. O Zap Respeita as Mina – (71)3117-2815 – utiliza inteligência artificial para gerar respostas referentes à violência doméstica e familiar, além de permitir o acesso por mensagem a atendentes em contato direto com o serviço 190 da Polícia Militar.

No SAC Mulher Digital será possível agendar atendimento online de apoio jurídico oferecido pela Defensoria Pública (DPE) e também solicitar prorrogação de medida protetiva por meio do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA). O SAC Mulher oferece ainda acesso a serviços oferecidos pela Setre, como consulta a vagas de emprego, solicitação de seguro-desemprego e inscrição da Trabalhadora Autônoma.

Para utilizar os serviços dentro da própria plataforma é preciso criar um cadastro, fornecendo dados pessoais e um e-mail válido, utilizado para ativação da conta e envio de comunicados.

Veja a seguir mais atividades e programadas por secretarias e órgãos do estaduais para marcar o dia e o mês dedicados especialmente a questões relacionadas às mulheres.

Programação da SSP abre com live musical

A participação da mulher na Segurança Pública é o tema que a Superintendência de Prevenção à Violência (Sprev) preparou para a série de lives no mês destinado à mulher. A programação começa no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, com a cantora Clarissa Noronha, às 16h. As atividades podem ser acompanhadas na página da Sprev no Instagram (@sprevbahia)

Já no dia 10 de março, a convidada é a primeira mulher delegada-geral da Bahia, Heloísa Campos. No dia 17 haverá a participação da primeira mulher tenente-coronel da Polícia Militar, Ana Fernanda, e a primeira mulher tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Ana Fausta. Para finalizar, no dia 24, a perita médica legista do Departamento de Polícia Técnica (DPT) Rita Benigno fecha a programação.

Heloísa Campos Brito, primeira mulher a ocupar o cargo de delegada-geral da Polícia Civil da Bahia – Foto: Elói Corrêa/GOVBA

SineBahia oferece palestras e cursos

O Dia Internacional da Mulher será celebrado na Rede SineBahia com uma programação especial de cursos, oficinas, palestras e lives temáticas direcionadas ao público feminino. As atividades são resultado de uma parceria entre a Setre, SPM e a União Brasileira de Mulheres (UBM). As inscrições para palestras e cursos devem feitas até esta sexta-feira (5), por meio do preenchimento de formulário eletrônico.

O projeto, denominado ‘Março Mulher – É possível Autonomia Sem Emprego?’, ocorre a partir da segunda semana de março e, em função da pandemia da Covid-19, todas as ações serão realizadas on-line. Os cursos são: Excel, Língua Inglesa, Telemarketing, Office, Técnica de Vendas, Oratória, Atendimento ao Público e Libras.

As aulas acontecem de segunda a sexta, das 9h às 12h ou das 13h às 16h, na plataforma Google Meet. As palestras, por sua vez, ocorrem às quartas-feiras, dias 10, 17, 24 e 31 de março, das 9h às 12h, na mesma plataforma digital, com os temas ‘Orientação para o Trabalho’, ‘A Empregabilidade de Mulheres’, ‘Motivação no Universo Feminino’ e ‘Redes de Atendimento para Mulheres em Situação de Violência’.

Esporte e empoderamento

‘A Mulher e o empoderamento através do esporte!’ é o tema escolhido pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Setre, para celebra o Dia Internacional da Mulher. A data será marcada por uma live transmitida pelo canal oficial da Sudesb no Instagram (@sudesbesporte), na terça-feira (9), às 17h30, tendo como convidadas a deputada federal Alice Portugal, 2ª vice-presidente da Comissão dos Direitos da Mulher; Cássia Maciel, pró-reitora de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil da Ufba; e Dilma Mendes, técnica da Seleção Brasileira Feminina de Fut7.

O bate-papo terá como anfitriã a também baiana e cientista social Ângela Guimarães, militante feminista, da juventude e da negritude. Na conversa, cada convidada poderá abordar o tema sob a ótica de suas áreas de atuação.

Homenagens da Hemoba

Na segunda-feira (8), Dia Internacional da Mulher, todas as voluntárias que forem à sede da Fundação Hemoba serão recepcionadas com flores e vouchers de desconto para celebrar sua existência e parceria. Ao longo do mês, a Hemoba também vai realizar campanha digital para esclarecer mitos, a exemplo de doar sangue fazendo uso de anticoncepconal, menstruada ou amamentando.

As ações fazem da campanha ‘Mulheres Pela Vida’, que visa as mulheres que fazem parte do ciclo do sangue, desde as trabalhadoras da saúde até quem efetivamente recebe o sangue e medula doados. Hoje, as mulheres representam 45% das doações recebidas somente na capital baiana. Em 2020, elas somaram 60.544 doações de sangue.

Fundação Hemoba
Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Apesar da queda no número de cadastros no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) na Bahia em 2020 (apenas 8 mil), as mulheres foram 5.185 das pessoas cadastradas. Segundo o diretor-geral da Hemoba, Fernando Araújo, as mulheres têm tido maior destaque no estado em relação a média nacional de doadores de sangue e medula.

Jornada Pedagógica

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) vai desenvolver atividades alusivas a Dia Internacional da Mulher (8 de março) durante a programação da Jornada Pedagógica Paulo Freire, realizada de 8 a 12 de março, como parte das ações preparatórias para o início do ano letivo 2020/21, que iniciará, 100% remoto, no dia 15 de março.