Até o próximo dia 6 de abril, uma série de atividades virtuais realizadas pelos museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) marca as comemorações dos 472 anos de fundação de Salvador.

A primeira ação ocorreu na tarde desta segunda-feira (29), com uma live realizada pelo Museu Abelardo Rodrigues (Centro Cultural Solar Ferrão – Pelourinho) sob a temática “São Francisco Xavier, padroeiro da cidade de Salvador e sua composição iconográfica no acervo do Museu Abelardo Rodrigues”, transmitida pelo Instagram (@museusdabahia).

O encontro virtual foi mediado por Jorma Souza, museóloga no Centro Cultural Solar Ferrão, com a participação de Genivalda Cândido da Silva, museóloga e doutoranda em Ciência da Informação pelo Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação (Ufba).

Segundo a museóloga do Ipac, Ana Coelho, a ação é uma forma de manter o acervo dos museus disponível à população. “Nesse período de pandemia, nossas ações passaram para o ambiente virtual com mais intensidade. Nossas atividades continuam ocorrendo para manter a preservação da nossa história e da nossa memória. Um exemplo disso é o conteúdo produzido pelas equipes técnicas dos museus vinculados ao Ipac para programação em comemoração ao aniversário de Salvador”.

A programação inclui lives e exposições no Museu de Arte da Bahia (MAB), Palacete das Artes, Centro Cultural Solar Ferrão, Museu Tempostal e Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), além da possibilidade de o público homenagear a capital dos baianos. Para isso, basta encaminhar três fotos (com boa resolução) ao museudeartedabahia.ascom@gmail.com e participar da exposição virtual “Salvador 472: aonde vou a cidade vai”. Também é possível enviar um texto, fotografia, vídeo ou música para o e-mail palacetedasartes@gmail.com. As regras gerais estão nas redes sociais dos espaços.

Neste período de 29 de março a 6 de abril, o Palacete das Artes apresenta nas redes sociais a exposição virtual “Águas de Salvador e da Baía de Todos os Santos”, do artista plástico Sérgio Amorim, em cartaz na sede do museu desde janeiro de 2020.

Soteropolitanos e visitantes também estão convidados a visitarem, por meio de um tour virtual, áreas internas e externas do Museu de Arte Moderna da Bahia, com detalhes das obras dos projetos “Salvador, do Povo, de Lina e de Todos os Santos” e “Cores, Amores, Recantos… Bahia”. As mostras estiveram em cartaz no museu, de forma física, até o mês de fevereiro. A programação completa pode ser conferida no site do Ipac.

Os museus do Ipac, vinculados à Secretaria de Cultura do Estado (Secult), estão, desde o início do isolamento social, desenvolvendo ações em suas redes sociais de forma a manter a divulgação de seus acervos, atividades e informações ligadas ao patrimônio artístico e cultural do Estado.

Repórter: Jairo Gonçalves