O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) tem registrado índices acima de 50% de positividade nos testes de coronavírus. Já os casos ativos da doença na Bahia estão em torno de 17.000. De acordo com a subsecretária estadual da saúde, Tereza Paim, esses dois indicadores são analisados diariamente para mensurar a possibilidade absorção de pacientes no sistema de saúde. Ela afirma que o grande número de pessoas aguardando vagas nos hospitais passa a impressão de que o espalhamento da doença ainda é alto no estado.